Como os clientes matam as ideias dos publicitários

Cliente é uma criatura difícil de entender. Raramente sabe o que quer e só vai começar a decidir o que não quer quando a agência começar a mostrar as opções (tá vai, nem todo mundo assim. Mas a maioria…).

Por conta desses clientes (e, as vezes, dos próprios colegas de trabalho), a vida do publicitário sempre rende algumas piadas – principalmente quando o assunto é refação, clientes, etc, etc.

Seguindo essa linha, a produtora inglesa Passion Pictures criou um pequeno vídeo (bem puxado para o humor negro) que mostra a visão da agência sobre como os clientes matam as ideias dos publicitários. Não tem lengenda…mas quem é da área vai entender.

Caso queira ver com legenda, assista o vídeo no youtube e clique em CC para configurar.

About Janaina Marin

view all posts

Formada em Publicidade e Propaganda pela Universidade Metodista de São Paulo. Apaixonada por internet, marketing, qualquer tipo de arte - principalmente cinema - e ciências. Curiosa, extremamente curiosa :)

0 Comments

Join the Conversation →

  1. Parabéns. Bela concordância. Os cliente MATA. Nota 10!

    PasqualeNo Gravatar /
  2. O parceiro só um detalhe: no Título, o verbo deve concordar com o sujeito, no caso “Clientes”, ou seja, o verbo “matar” deve estar no plural. Ficaria assim então:

    “Como os clientes matam as ideias dos publicitários”

    Beleza,
    Espero ter ajudado!

    João CarlosNo Gravatar /
  3. É uma pura realidade

    Rogerio SáNo Gravatar /
  4. bom, cliente é cliente… e cliente tem sempre razão! rsrsr brincadeira gente… rsrsr o pior é quando criamos vários lay-outs e o cara escolhe o mais feio!!! E depois fala para seus amigos quem fez… puts! morro de vergonha, rsrsr depois de tantas criações e horas na frente do computador, o cara olha para aquela arte que esta bem no “cantinho” do arquivo, sim, sabe aquela arte que deixamos perdidas para utilizar algumas “peças” dela para a criação de outras artes, pois bem, o cara fica “ligadão” e diz: “era isso que estava imaginando” rsrsrsr

    Alexandre DantasNo Gravatar /

Deixe uma resposta