Ei, publicitário…você não é normal.

Tá, não precisa ser um gênio para perceber que publicitários não são pessoas normais. Modismos, tendências de todas as áreas, moda, tecnologia, música…tudo isso faz parte do universo de comunicação. Pra um publicitário, encontrar músicas novas no Spotify, buscar referências de algumas coisas no Pinterest e administrar fanpages são coisas extremamentes básicas.

Até que um dia você sai com os amigos do colégio e descobre que alguns deles mal sabem o que é twitter, não entendem a diferença entre página e perfil no Facebook e que, pior ainda, acham as suas músicas horríveis – querem mais é ficar ouvindo “Eu quero tchu…eu quero tcha…”

É, publicitário sofre.

A agência Heat lançou um infográfico para mostrar o que todos nós desconfiamos: os anormais somos nós.

About Janaina Marin

view all posts

Formada em Publicidade e Propaganda pela Universidade Metodista de São Paulo. Apaixonada por internet, marketing, qualquer tipo de arte - principalmente cinema - e ciências. Curiosa, extremamente curiosa :)

0 Comments

Join the Conversation →

  1. Essa é a grande graça em ser publicitário, o diferencial.

    ShinodaNo Gravatar /
  2. Eu tenho muitoooooooooo orgulho de ser (Anormal) perante a sociedade (NORMAL)

    RaquelNo Gravatar /
  3. Por que não colocou os créditos do Update or Die também?

    DougNo Gravatar /
  4. Anormal? Spotify, Pinterest? Bom anormal eu naum sei, mas com certeza a nata pseudo intelectual esta na publicidade.

    O ProfetaNo Gravatar /
  5. Aham! Falow ow “Nata Pseudo Intelectual”!!! tem gente q se acha né! affff

    AdrianaNo Gravatar /
  6. A vantagem é que tranquilamente dá pra ser anormal, e fingir ser normal as vezes facilmente. Agora quem é normal não pode fazer o mesmo.

    Ronin CamposNo Gravatar /

Deixe uma resposta