Harlem Shake utilizado seriamente

O Harlem Shake já é um fenômeno mundial graças a um vídeo de pouco mais de 3 minutos. O vídeo original, postado no dia 22 de maio de 2012 no YouTube, conta com pessoas dançando aleatoriamente, como um Flash mob.
Mas, e se este fenômeno fosse usado para uma causa mais séria?

A Parkinson Foundation utilizou o próprio presidente da instituição (que sofre da doença) como personagem principal do vídeo. Para tal, ele não tomou os remédios no dia anterior. Com o texto final (sacudir. Divertido para alguns… luta diária para outros) e um vídeo mais curto que o original, esta campanha visa mostrar as conseqüências terríveis do mal de Parkinson.

Harlem ‘Parkinson’ Shake from Amsterdam Ad Blog on Vimeo.

Fonte

About Andreza Mendes

view all posts

Especialista em Marketing Digital, Designer, pós-graduada em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais, consultora, educadora e eterna pesquisadora - e curiosa por natureza ;)

0 Comments

Join the Conversation →

  1. Além de ousado, achei esclarecedor. Eu não fazia ideia que o Parkinson podia atingir de forma tão séria uma pessoa. Achava que era mais simples. Gostei muito da iniciativa! Acho que mau gosto é permanecer no escuro e não se permitir. Basta ler o post para ver que o próprio presidente da fundação se disponibilizou a mostrar a realidade da doença.

    BárbaraNo Gravatar /
  2. Caramba, quanto comentário idiota.
    “desnecessário”, “de mal gosto”, “ofenssivo”.

    Se não fosse tão ousado como foi, quem aqui teria visto do comercial? Quantos seriam atingidos? Estamos numa época em que apenas as imbecilidades chamam a atenção. Ninguém iria parar para ver o comercial se não fosse para ver o “Harlem Shake”. Quando a mensagem é séria ela não precisa ser sutiu, instrutiva, institucional. Ela tem que chocar mesmo. Mostrar cruamente como é o problema que quem tem a doença passa no seu dia-a-dia.

    Façam-me o favor.
    Os comentários do estilo de “desnecessário”, “de mal gosto”, “ofenssivo”, são de pessoas que estão anestesiadas para os problemas que passamos e vivem de BBB e vidinhas felizes e sem problemas.

    Problemas sérios tem que chocar mesmo, para ver se desperta esse mundo.

    HenriqueNo Gravatar /

Deixe uma resposta