Doel, a Cidade abandonada e ocupada pela criatividade do grafitte

Na arte existem situações únicas, quando, por exemplo, se tem liberdade para a criatividade, não existem fronteiras, a arte aparece e se prolifera!

No pequeno vilarejo de Doel, na Bélgica se transformou em um grande museu ao ar livre. Isso aconteceu devido a migração de quase toda a população para outras cidades por causa do local ser próximo à reatores nucleares, que ultimamente estavam apresentando falhas de segurança.

Assim, com toda a cidade vazia, os grafiteiros utilizam o local como cenário para suas inspirações se tornarem realidade.

Outro fator para o abandono do local, foram as seguidas demolições para dar espaço ao porto da Antuérpia.

Todos os edifícios, residências e construções que sobraram, agora são as telas para graffitis variados de muitos artistas locais, assim alegrando um ambiente com uma história tão triste.

About Stifler Mendes

view all posts

Blogueiro e fundador dos sites Criatives, DesignBrain e Curiozo com Z. Formado em Desenvolvimento Web e Design Gráfico, morador de São José dos Campos, apaixonado por séries e Counter Strike ♥

0 Comments

Join the Conversation →

Deixe uma resposta