Campanha impactante contra o câncer de mama incentiva mulheres a tocarem-se

No começo da década de 90, a banda australiana Dyvinyls alcançou a fama por conta da música (bem polêmica, na época), “I Touch Myself”, uma música que falava claramente sobre sexo e masturbação (muita gente conhece a música pela versão da banda Blondie). No ano passado, a vocalista da Dyvinyls, Chrissy Amphlett faleceu, vítima do câncer de mama.

Agora os amigos e familiares da artista fizeram uma parceria com o Cancer Council, para homenagear a cantora: lançaram o “I Touch Myself Project”, uma campanha totalmente dedicada a conscientização das mulheres para a doença, incentivando-as a tocarem-se.

Para quem não sabe, o auto-exame é uma das principais maneiras de prevenção, já que é assim que as mulheres percebem os nódulos nos seios e axilas.

touch

A criação é da JWT de Sydney, com produção da SOAP Creative. O vídeo, feito em preto e branco, reúne outras grandes artistas australianas, como Olivia Newton John, Katie Noonan, Connie Mitchell, Megan Washington, Sarah McLeod, sarah Blasko, entre outras, todas em uma interpretação maravilhosa de “I Touch Myself” que, dentro da campanha, fica com um contexto diferente.

O vídeo será comercializado no iTunes e Google Play e toda sua renda será revertida ao Cancer Council.

About Janaina Marin

view all posts

Formada em Publicidade e Propaganda pela Universidade Metodista de São Paulo. Apaixonada por internet, marketing, qualquer tipo de arte - principalmente cinema - e ciências. Curiosa, extremamente curiosa :)

0 Comments

Join the Conversation →

Deixe uma resposta