Vídeo chocante mostra como são os trabalhadores de resgate voluntário na Síria.

Ser bombeiro ou salva-vidas, mesmo ganhando salário, já é um risco. Imagine agora, fazer o mesmo de forma voluntária em um dos países mais perigosos do mundo?
Os White Helmets (“Os Capacetes Brancos”, em tradução livre), são os trabalhadores de resgate voluntário na Síria, onde diariamente mais de 50 50 bombas e morteiros caem por dia em algumas regiões. Muitos são barris enferrujados cheios de espinhos e explosivos jogados por helicópteros em casas, escolas e hospitais.

Após o ataque, Os White Helmets tem a missão de procurar vidas entre os destroços, mesmo sabendo que outro ataque pode acontecer a qualquer instante.
2514 pessoas foram salvas por eles em 2013. Os voluntários lutam somente pela paz.

Na histórias destes resgates, uma é sempre destacada pelos White Helmets: um recém-nascido com duas semanas de vida foi resgatado dos escombros de sua casa, que foi atingida e destruída por uma dessas bombas barris, um verdadeiro milagre.

Confira neste emocionante vídeo:

“Este bebê foi mais forte que as bombas barris, mais forte que o desmoronamento dos telhados, mais forte que tudo.” Khaled Farah, um Capacete Branco.

Se você quiser ajudar Os White Helmets, acesse o site deles.

About Stifler Mendes

view all posts

Blogueiro e fundador dos sites Criatives, DesignBrain e Curiozo com Z. Formado em Desenvolvimento Web e Design Gráfico, morador de São José dos Campos, apaixonado por séries e Counter Strike ♥

0 Comments

Join the Conversation →

Deixe uma resposta