Fotógrafo registra os assustadores membros da maior gangue da Nova Zelândia.

A Nova Zelândia é muito conhecida por ser um dos países mais afastados e com um dos maiores índices de desenvolvimento humano do mundo. No meio de tantas coisas boas, a população tem muita preocupação com alguns grupos de gângsteres perigosos que acabam assustando algumas das principais cidades do país.
O Fotógrafo Jono Rotman, dedicou 8 anos de sua vida registrando membros da Mongrel, considerada por muitos a maior e mais perigosa gangue da Nova Zelândia, com sede da capital Wellington.
As fotos das pessoas são assustadoras e parecem até coisa de filme, com tatuagens e simbolos fechando todo o corpo, piercings em locais inusitados e utilizando itens que dão medo só de ver.
Rotman começou a fotografar membros de gangues em 2007 e hoje seu trabalho tem tido grande notoriedade por ser algo tão incomum, belo e corajoso.

Confira algumas imagens!

About Stifler Mendes

view all posts

Blogueiro e fundador dos sites Criatives, DesignBrain e Curiozo com Z. Formado em Desenvolvimento Web e Design Gráfico, morador de São José dos Campos, apaixonado por séries e Counter Strike ♥