Ela perdeu o pai e foi deixada pela mãe com apenas 10 anos. Até que ela resolveu o que fazer com irmãos

Não é novidade para ninguém, lugar de criança é na escola, e não trabalhando ou fazendo qualquer outra atividade que prejudique seus estudos e habilidades escolares. Porém, mesmo assim todos nós sabemos que o trabalho infantil, infelizmente, ainda existe.

Como é o caso da pequena chinesa Xiao Ying, de 10 anos, que leva uma vida mais difícil que muitos adultos por aí e tem uma história bastante triste: tudo começou quando seu pai faleceu de câncer e a mãe foi a responsável por sua criação e de seus irmãos, mas, querendo fugir dessa responsabilidade, a mulher simplesmente os abandonou.

Foi nesse momento que Xiao, além de irmã mais velha, também precisou assumir o papel de mãe. Um tio da garota, muito pobre, conversou com a chinesa para que ela doasse um dos irmãos, pois não tinha condições de criá-lo e ouviu uma resposta surpreendente: Xiao disse que ajudaria em todas as tarefas, desde que ficasse com seus irmãos. Comovido com a atitude da sobrinha, o homem concordou.

Embora possa parecer que ela tenha dito isso apenas para manter os pequenos por perto, Xiao assumiu o posto de mãe para os garotos, ela é quem cozinha, os ensinou a escovar os dentes, auxilia na lição de casa e ainda cuida de muitas tarefas domésticas.

Xiao, mesmo jovem, carrega consigo uma história triste e inspiradora, é muito triste ver uma criança perder sua infância e assumir um posto que não era dela, porém, é bonito acompanhar como ela se dedica aos irmãos, e mesmo assim continua com ótimas notas nos estudos.

Quando a escola da garota soube de sua história, criou uma campanha de doação entre pais e responsáveis para que todos pudessem ajudar Xiao. Como já era esperado, a campanha foi um sucesso e, juntamente com seu tio e irmãos, a menina ganhou móveis, roupas e uma boa quantia em dinheiro.

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.