Os pais se recusaram abortar o bebê após pedido dos médicos. Hoje ele está assim.

Todos os filhos são importantes, mas o primeiro a nascer muda completamente nossas vidas. Sara Heller e Chris Eidam estavam radiantes, esperando o primeiro filho, que já tinha ganhado o nome de Brody, porém, a felicidade deu espaço para a preocupação na 24ª semana de gravidez, quando descobriram pelo ultrassom que a criança era diferente, mas, indo contra o conselho dos médicos, se recusaram a abortar.

O ultrassom mostrou que Brody tinha lábio leporino, em algumas crianças essa é apenas uma pequena separação no lábio, porém, no caso do filho do casal era bem mais grave, foi aí então que os médicos questionaram Sara e Chris se eles realmente gostariam de ter a criança, pois em todo o mundo só existia um caso que se assemelhava com o de Brody. O casal se manteve firme na ideia de ter o bebê!

O principal objetivo de Sara passou a ser mostrar para as pessoas que aparência não é importante, e independentemente de como Brody seria, ela o amaria incondicionalmente: “É bom nos orgulharmos do nosso filho, não importa as circunstâncias. Queríamos mudar a forma como as imagens de recém nascidos costumam ser. Queríamos aumentar a consciencialização sobre o lábio leporino”.

Todos os anos, crianças pelo mundo todo nascem com lábio leporino, alguns casos mais amenos, outros mais graves, embora os especialistas ainda não terem descoberto as causas que ocasionam este problema, sabe-se que é genético em grande parte dos casos.

Crianças que têm essa doença precisam passar por operações e tratamentos para aprender a conversar e a comer, por exemplo. Sara e Chris não tinham dinheiro para a operação, mas se mostraram dispostos a fazer tudo pela criança. O primeiro passo foi querer aumentar a conscientização sobre o lábio leporino.

Após fazer upload das fotos dos filhos na internet, Sara se espantou com a quantidade de comentários desagradáveis que recebeu, mas ao invés de rebater, passou a ensinar sobre a doença, tentando mudar as má interpretações que muitos têm sobre essa condição.

“Eu decidi educar, em vez de ter que confrontar. Então, eu gostaria que Brody fizesse isso no futuro também. Eu quero que ele ensine os outros e seja um modelo para outras crianças com o lábio leoprino”, contou Sara.

Em um certo momento, o casal estava jantando com uns amigos no restaurante até que, após todos comerem, o garçom colocou sobre a mesa algo que ela pensou ser um guardanapo, mas quando se atentou viu ser um cheque com uma mensagem: “para o seu lindo filho”.

“Não consegui reter as lágrimas quando vi isso. A felicidade que senti quando vi foi indescritível “, diz a mãe. A generosa surpresa ajudou Sara e Chris a pagar medicamentos e visitas ao médico. A última operação foi para corrigir o lábio de Brody.

Brody está se curando bem, e suas próximas operações será quando tiver entre 9 e 12 meses, graças aos cirurgiões, Brody poderá ter uma vida melhor no futuro e os pais da criança serão eternamente gratos pelo lindo gesto.

Uma inesperada e grata surpresa fez com que essa história tivesse um final diferente, pois a família precisa de todo o apoio para vencer esse problema e fazer com que Brody não sofra. Com os pais que tem, certamente o garoto crescerá bem e terá um brilhante futuro!

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.