15 pessoas que mostraram como seus avós eram mais descolados do que eles no passado.

Avós e netos, um dos amores mais puros e sinceros que existe! Quando pensamos na época em que nossos avós eram jovens, sempre imaginamos algo mais sério, culto, porém, não era assim, eles aproveitaram a juventude assim como nós estamos aproveitando a nossa, uma prova disso são 15 pessoas que mostraram como seus avós eram mais descolados do que eles:

01. “Minha Vó me enviou uma foto do meu vovô quando tinha a minha idade, para me fazer se sentir gordo e praticar algum esporte”

02. “Meu avô era muito descolado na década de 1950 segurando um peixe, fumando um cigarro, com um livro escondido em suas calças e um pacote de cigarro em sua blusa”

03. “Minha avó, década de 1940”

04. “Esta imagem estava ao lado do caixão de minha avó em seu funeral, a pedido dela. (final dos anos 60 ​​ou início dos anos 70)”

05. “Minha avó logo após ela fugir da Bulgária comunista para a Alemanha (1978)”

06. “Recentemente perdi minha avó para o câncer. Essa será sempre a minha foto favorita dela”

07. “Meu bisavô deu aulas de violino para Einstein”

08. “Minha avó (apelidada de Kidd), não lhe permitiram se juntar à Força Aérea porque ela era uma mulher. Então ela ensinou jovens a voar em Stephenville, Texas durante a 2º Guerra Mundial, década de 1940”

09. “Foto de meu avô saindo do avião depois de se abatido”

10. “Meu avô, um dia antes de ser enviado com os fuzileiros navais, 1941”

11. “Minha imagem favorita da minha avó, em 1942. Ela era forte e lutadora, criou seis crianças por conta própria depois de deixar um marido alcoólico. Trabalhava os 7 dias da semana como cozinheira. Ela era incrível”

12. “Meu avô era o filho de um honrado samurai de uma pequena cidade de mineração de carvão em Kyushu, posando com seu pai e uma de suas irmãs em 1900”

13. “Minha avó com os astronautas de Mercúrio 7 John Glenn, Gus Grissom e Alan Shepherd (14 de setembro de 1959)”

14. “Meus avós vestindo a roupa um do outro, 1943”

15. “Este é meu louco avô louco. O velho mais engraçado que já existiu. Ele trabalhou como fotógrafo para o LA Times por mais de 50 anos e teve muitas fotos famosas, incluindo a primeira foto publicada de uma explosão de bomba atômica. Ele era um homem de muitas histórias e um senso de humor inesquecível. Depois de colocar sua esposa e dois filhos para descansar, ele ainda manteve seu espírito elevado. Lutou contra o câncer de próstata por mais de 20 anos e viveu para ver seu aniversário de 92 anos e seus bisnetos. Descanse em paz, vovô”

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Muito curioso e pouco ansioso, ou vice-versa. Apaixonado por comida, escrever, internet e séries e filmes de terror.