Milionário deixou tudo para viver em uma caverna. Confira ela por dentro e entenda o motivo.

A história a seguir pode representar muitos de nós que têm vontade de fugir da agitação da cidade grande e buscar refúgio em um lugar longe de todo barulho e movimento da cidade, sem contar a poluição. Porém, mesmo tendo essa vontade, muitos não conseguem sair dessa agitação por diversos motivos.

Angelo Mastropietro , diretor de sucesso de uma empresa australiana decidiu largar a vida luxuosa que possuía e foi morar em uma caverna em Worcestershire, no Reino Unido, que já tinha milhões de anos.

Foi andando de bicicleta pelas redondezas que ele descobriu o lugar e ficou fascinado quando entrou na caverna para fugir da chuva. Alguns anos depois, os donos das terras entraram em contato com Angelo perguntando se ele tinha desejo em adquirir as propriedades.

Foi aí que surgiu a grande ideia: lá era perfeito para ele transformar em sua casa e abandonar de uma vez por toda a bagunça da cidade.

Angelo precisou fazer um investimento de 200 mil dólares, e horas e horas para conseguir escavar mais de 80 toneladas de rocha, além de perfurá-la para conseguir ter acesso a água doce.

Porém, querer abandonar a movimentação da cidade não foi o único motivo que fez Angelo morar em uma caverna, no ano de 2007 ele foi diagnosticado com esclerose múltipla, uma doença do sistema nervoso que causa perda de mobilidade.

Com essa notícia, ele percebeu o quanto seria melhor ter uma vida tranquila e saudável, e não perdeu tempo quando teve a oportunidade de adquirir a caverna.

Para sua sorte e entusiasmo, a família do milionário o apoiou desde o momento em que resolveu ir morar no meio do mato.

Para fazer a caverna parecer muito mais espaçosa, o interior fora pintado de branco, de modo que ficaria mais luminosa. Cada espaço foi usado ao máximo para cobrir todas as necessidades da família e para sentir verdadeiramente que esta caverna agora era sua casa. Eles até construíram uma lareira dentro do quarto.

Para ter acesso à lus elétrica, foi necessário contratar os serviços de uma equipe de eletricistas.

Durante uma entrevista, o homem afirmou sentir orgulho da nova casa e da decisão que tomou.

O objetivo deste homem foi alcançado pouco a pouco porque sua saúde foi favorecida e os sintomas de sua doença foram minimizados. Agora ele vive muito calmo e feliz com as pessoas que ele mais ama.

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Muito curioso e pouco ansioso, ou vice-versa. Apaixonado por comida, escrever, internet e séries e filmes de terror.