Cãozinho foi abandonado por ser “feio”. Hoje em dia ele foi adotado e teve uma mudança de comportamento surpreendente.

Preconceito existe, e não é só em relação à humanos, animais sofrem preconceito também, como é a história de Beaux Tox, um Labrador Retrivier que nasceu com uma deformidade facial e sempre foi rejeitado, até Jamie Hulit aparecer eu sua vida.

Beaux tem um rosto único, resultado por ter sido esmagado quando ainda estava no ventre de sua mãe, juntamente com seis outros filhotes: “Ele simplesmente foi empurrado para fora do caminho e formou como ele se formou”, porém, apesar disso ter afetado sua aparência, sua personalidade não foi afetada.

“Por causa de sua deformidade facial, as pessoas que o estavam criando não conseguiram vendê-lo”, explicou Jamie. “Então eles o entregaram de graça”. Beaux passou cinco anos de sua vida com um dono que o deixava do lado de fora da casa, sozinho. Alguns grupos de resgate tentaram intervir pra salvar o animal, porém, não obtiveram sucesso, com isso, Beaux se tornou um animal triste, com doenças e paralisias, já sem esperanças.

Até que apareceu Jamie, que não se deixou intimidar e estava determinada a dar uma nova vida para o cão: “Eu não me importava com o quanto ele estivesse doente”, disse ela. “Eu só não queria que ele entrasse no sistema de adoção novamente e fosse devolvido.”

“Eu queria que ele tivesse estabilidade e um lugar que ele soubesse que era sua casa. É por isso que o adotei diretamente do dono”.

A maior empatia por Beaux foi pelo fato de Jamie cuidar de crianças adotivas e saber sobre os sentimentos de falsa esperança e rejeição que acontece nesses casos.

Felizmente, o cachorro ganhou uma nova chance e se encontra como integrante de uma família feliz na companhia de outro labrador, Riley, que tem Beaux como melhor amigo: “Riley e Beaux absolutamente se amam”, diz Jamie sobre o par.

“Eles são perfeitos um para o outro, mesmo com a diferença de idade (Beaux tem 6 e Riley, 13) e, embora Beaux aja como um cachorrinho, isso ajuda Riley a continuar jovem”.

Apesar de todas suas dificuldades, Beaux pode respirar aliviado porque agora tem toda alegria que merece ao lado de sua nova família!

Beaux e seu amigo inseparável:

Mas não é só com ele, agora sim o cachorro se sente em uma família que o amo e dá o carinho que sempre mereceu:

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.