Conheça a linda história por trás dos atores Seu madruga e Dona Clotilde do Chaves.

Muitos personagens que invadem nossa telinha diariamente podem ser rivais, amigos, parceiros, dentre outros, e esse convívio faz com quem muitas amizades verdadeiras surjam, como é o caso de Ramón Valdés e Angelines Fernández, conhecidos mundialmente por terem interpretado Seu Madruga e Dona Clotilde, respectivamente. Chaves é uma série televisa que cativou milhares de pessoas e até hoje seus adoráveis personagens são muito queridos.

Sempre que Seu Madruga e Dona Clotilde se cruzavam na vila, era confusão na certa, ambos cativaram o público com sua relação de amor e ódio, ela, conhecida como a Bruxa do 71, e ele, querido pelos telespectadores pelo seu temperamento difícil.

A relação entre os dois personagens se resumia perfeitamente em um amor não correspondido, do qual muito foi visto e comentado como um dos mais cômicos da televisão latina. A bruxa de 71 era quem sofria por um amor platônico.

Embora Seu Madruga não desse muita atenção para Clotilde, fora dos estúdios de gravação a amizade entre os dois era uma coisa linda de se ver, já que provavam que a amizade entre homem e mulher existe sim. Em 1988, quando Ramón faleceu, Angelines Fernández ficou duas horas ao lado do caixão do amigo chorando e dizendo: “Madruguinha, madruguinha”, fazendo referência ao apelido carinhoso que ela o chamava no seriado.

O que ninguém sabe é que a amizade dos dois atores começou muito antes do Chaves, Angeline chegou no México no ano de 1947 logo após ter fugido da Espanha, enquanto colaborava com guerrilheiros espanhóis, que enfrentaram o general Francisco Franco. Por ser nova na cidade, ela participou do círculo da Idade de Ouro do cinema mexicano, e foi aí que conheceu Ramón, que desde o início a recebeu muito bem e foi bem próximo à ela.

Foi o próprio Ramón que recomendou Angelines a Roberto Gómez Bolaños (o Chaves) para que ela participasse da série, e Seu Madruga precisava de alguém para a fazer a ‘contrapartida’ e amá-lo, já que Dona Florinda só o maltratava. Foi aí que Angelines estreou como a Bruxa do 71: a bruxa mais querida da televisão.

Infelizmente, Angelines nunca foi capaz de retornar à Espanha para visitar seus parentes, mas sua vida foi abençoada com a amizade de um homem que nunca lhe deu as costas.

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.