Ela nasceu com um defeito facial extremamente raro. Hoje com 26 anos, segue uma carreira de modelo e quebra os padrões de beleza.

“Lembre ao mundo que todo mundo é lindo.” É isso que diz Ilka Brühl, uma alemã de 26 anos que conta sua própria história de vida para fazer as pessoas se encorajarem a se aceitarem como são.

Desde seu primeiro dia de vida, ela encontrou dificuldades: “Eu nasci com uma fenda facial e as vias aéreas do nariz não foram formadas adequadamente”, disse ela ao Projeto Grenzenlos.

“Além disso, eu não tinha o lado direito do ducto lacrimal, de modo que o permanente umedecimento natural do olho levou a mim as lágrimas sempre correram para fora do olho.”

Após passar por inúmeros procedimentos cirúrgicos, Ilka é uma mulher forte e confiante, que encontrou forças para dar a volta por cima e incentivar as pessoas a se amarem.

Pouco mais de dois anos atrás ela resolveu ser fotografada por seus amigos fotógrafos: “Houve muito feedback positivo, que eu tenho mais e mais coragem para me mostrar como sou. Pura e não afetada”, disse ela.

Ilka compartilha as fotografias na internet e faz questão de enfatizar que tem uma vida mais feliz e que todo mundo é belo: “Só há um jeito de ser feia: por ter um personagem feio. Ninguém precisa se esconder por causa de sua aparência!”

Uma história de vida que serve como inspiração para todos nós…

… O que para muitos seria motivo de vergonha…

… Essa alemã provou que basta se amar do jeito que é, a beleza sempre vai existir dentro de cada um de nós!

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Muito curioso e pouco ansioso, ou vice-versa. Apaixonado por comida, escrever, internet e séries e filmes de terror.