8 hábitos estranhos que podem ser bons para o organismo

Dizem as más (ou boas) línguas, que 21 dias já é o suficiente para que determinada atitude se torne um hábito, porém, os estudos comprovam que, na verdade, são necessários exatos 66 dias para que um comportamento funcione no ‘automático’.

Abaixo, você vai se deparar com 8 hábitos nojentos que podem ser bons para o organismo, e você vai entender o motivo por trás disso:

01. Cuspir
Cuspir em lugares públicos não é uma atitude recomendável e bem vista, mas logo após praticar algum treino, pelo fato da pessoa tender a respirar pela boca, é normal que ela cuspa, pois o corpo irá fabricar um número maior de saliva.

02. Urinar no banho
75% das pessoas já urinaram no banho pelo menos uma vez na vida, embora não apresente nenhum benefício ao organismo, com essa atitude você economia água da descarga e o papel higiênico.

03. Arrotar
Um bom arroto depois do almoço ajuda a eliminar o excesso de ar que fica no estômago, e deixá-lo por lá pode aumentar o ácido gástrico no esôfago, o que pode levar a sentir dores no peito, porém, arrotar demais é sintoma de refluxo e recomendável que procure um médico.

04. Soltar pum
O corpo libera gases, em média, 14 vezes por dia, de 3 a 5 vezes durante o sono. O gás dióxido de carbono e metano é produzido pelo sistema digestivo cerca de 6 horas após a refeição, e o corpo vai liberando através do pum. Prender os gases pode lhe causa dores e inchaço na barriga.

05. Mascar chiclete
Não há nenhum benefício nutricional para esta ação, porém, está cientificamente comprovado que quem mastiga chiclete estuda melhor e toma decisões mais certeiras, pois o ato de mascar ajuda a pessoa a se manter focada, acelera a memória , reduz o estresse e equilibra os hormônios.

06. Colocar o dedo no nariz e comer a ‘meleca’
Sim, isso é MUITO nojento, mas esse hábito horrível pode até ajudar o seu sistema imunológico, já que o muco contém muitas mucinas que podem combater as bactérias. Ao comer a ’caquinha’, o sistema imunológico libera os glóbulos brancos e defende o corpo das bactérias.

07. Não tomar banho diariamente
Com os banhos diários você lava óleos essenciais da pele e do cabelo, que são essenciais para mantê-los hidratados e protegidos, até mesmo a água quente sem sabão pode acabar com muitas bactéricas importante para que sua pele se mantenha bonita e com elasticidade. Portanto, deixar de tomar banho uma ou duas vezes na semana, não fará você ser alguém ‘porco’.

08. Morder as unhas
Ao morder as unhas, você acaba comendo algumas bactérias que estão em cima e embaixo delas. Isso leva o seu sistema imunológico a começar a produzir glóbulos brancos que ajudam a combatê-las. Ao se deparar com o mesmo tipo de bactéria pela segunda vez, o corpo já tem os linfócitos necessários para eliminá-la.

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.