App inovador ajuda pais deficientes auditivos a diferenciar o choro dos bebês.

Quando um bebê começa a chorar os pais já ficam atentos, pois os motivos do choro são os mais variados: tem choro de fome, de preguiça, como também os mais sérios, como febre e outras doenças. Com o passar dos anos, os pais aprendem e começam a distinguir por qual motivo a criança está chorando.

Porém, pais que têm problemas de audição não conseguem desenvolver essa habilidade, o que acaba dificultando a rotina com a criança e não são capazes de separar os tipos de choro.

Pensando em solucionar isso, a doutora Ariana Anderson, que trabalha no Centro Médico da Universidade da Califórnia e Instituto Semel, formou parceria com alguns profissionais da tecnologia e desenvolveram o Crybaby (choro de bebê), de acordo com as informações do GNN.

Ariana tem quatro filhos e durante os primeiros meses de maternidade percebeu que tinha criado a habilidade de interpretar o choro de seus filhos, foi daí então que ela criou o Crybaby, um aplicativo que ajuda pais deficientes auditivos nessa tarefa, que mostra quando o bebê está chorando, e por qual motivo.

O banco de dados do aplicativo possui mais de 2 mil choros e consegue captar a necessidade da criança com uma precisão de 90%, exemplo: se durante um choro e outro há um longo período de silêncio, quer dizer que o neném apenas que ser mimado, porém, se os choros forem longos e prolongados, significa que ele está sentindo algum tipo de dor.

O aplicativo ainda está em fase de desenvolvimento, mas já foi realizado testes com alguns pais deficientes auditivos e eles disseram que o Crybaby será uma ferramenta muito útil para ajudar a cuidar de seus filhos.

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Muito curioso e pouco ansioso, ou vice-versa. Apaixonado por comida, escrever, internet e séries e filmes de terror.