Atriz com ansiedade crônica surpreende ao escrever lista de como o namorado deveria lidar com ela.

1 em cada 13 pessoas sofrem com ansiedade, é isso que diz a Organização Mundial da Saúde. A vida de uma pessoa pode virar de cabeça pra baixo se ela sofrer de ansiedade constante e ataques de pânico, fazendo que até mesmo tarefas simples se tornem impossíveis de serem realizadas.

Quem nunca enfrentou este problema, pode ficar confuso sobre o verdadeiro peso de tudo isso. Além do mais, muitos acabam se perguntando como deveriam agir se vissem alguém próximo a eles passando por este problema.

Kelsey Darragh, atriz, admitiu publicamente sofrer de ansiedade crônica e compartilhou em seu twitter uma lista íntima que deixou para o namorado, para que assim ele entendesse sua condição e soubesse o que fazer nos momentos de crise.

A lista contém 15 coisas que ele pode fazer para ajudá-la, os seguidores admiraram a atitude da atriz e começaram a compartilhar seu tweet, e viralizou na internet, para que muitas outras pessoas possam ser ajudadas também.

Essa é Kelsey Darragh

Este é seu namorado

Eis a lista

15 coisas REALÍSTICAS que você pode fazer para me ajudar a passar por um ataque de pânico!

1 – Saiba que estou assustada + não conseguirei explicar porque. Então por favor, não se desespere ou se irrite comigo.

2 – Ache meus remédios se estiverem por perto e certifique-se de que eu os tome!

3 – Exercícios de respiração irão me frustrar mas eles são vitais. Tente fazer com que eu sincronize minha respiração com a sua.

4 – Faça sugestões delicadas de coisas que poderíamos fazer juntos para distrair meu desespero (não me diga o que preciso/devo fazer. [e escute quando eu disser não a algo]

5 – Para pânico dissociativo = relembre-me de que isso já aconteceu comigo e que dessa vez também irá passar! Sempre passa, mas é extremamente assustador quando está acontecendo então talvez me conte alguns fatos divertidos sobre mim ou de nossa vida juntos que me fará sorrir ou rir :)

6 – Alguns goles de água podem ajudar mas não me diga que eu preciso beber porque ACREDITE EM MIM – eu sinto como se fosse vomitar :(

7 – CONTINUE RESPIRANDO COMIGO!!!

8 – Se nós pudermos sair de onde estivermos, me leve pra casa!

9 – Por favor seja muito legal comigo. Eu não estarei me sentindo como mim mesma + estarei envergonhada + me sentindo culpada por fazer você ter que passar por isso então por favor, não fique frustrado comigo :/

10 – Às vezes, um longo e tranquilo abraço irá me ajudar a fazer com que eu me sinta segura.

11 – Me ajudar a respirar será difícil, mas é muito importante!

12 – Se a situação estiver muito ruim – coloque minha mãe, minha irmã ou melhor amiga no celular para falar comigo!

13 – Me diga para não lutar contra isso – em vez disso, deixe com que passe através de mim. Quanto mais eu tentar controlar o problema [ou você tentar controlar], pior será.

14 – Seja empático comigo! Você poderá não entender o que está acontecendo, mas estará me entendendo!

15 – Assim que passar (tipo horas depois), converse comigo sobre o ocorrido. Como foi? O que podemos fazer na próxima vez?

– Kelsey”

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Muito curioso e pouco ansioso, ou vice-versa. Apaixonado por comida, escrever, internet e séries e filmes de terror.