Copa do Mundo 2018: conheça as cidades-sede dos jogos na Rússia

O mês de junho está muito próximo e com ele chega um dos eventos esportivos mais aguardados do mundo. A Copa do Mundo FIFA 2018, com sede na Rússia, promete agitar o Leste Europeu e os quatro cantos do planeta.

As 32 seleções participantes já conhecem seus adversários, as chaves que disputarão e quais estádios vão receber os jogos, tanto os das fases de grupos quanto os das finais do campeonato.

O maior país do mundo em extensão territorial (17 milhões de quilômetros quadrados) preparou os gramados de 12 estádios, sendo dois na capital Moscou e 10 em grandes cidades espalhadas pelo interior. Para a Copa da FIFA 2018, a Rússia construiu 4 novos estádios e 8 foram reformados. Conheça os locais onde a bola vai rolar e que daqui a alguns dias nos serão bem familiares:

Moscou – Situada na Rússia Central, a capital do país é a cidade de maior população da Rússia e da Europa. Moscou é a única das cidades-sede que terá 2 estádios recebendo as seleções. O Estádio Luzhniki, que também sediou os Jogos Olímpicos de 1980 será palco da abertura, das oitavas de final, semifinal e final. Já a Arena Otkrytie, inaugurada em 2014, será palco de um dos jogos do Brasil e das oitavas de final.

São Petersburgo – A segunda maior cidade-sede dos jogos inaugurou um novo estádio para a Copa. A Arena São Petersburgo foi construída no local do antigo estádio de Kirov. A metrópole fica no Noroeste do território e é considerada a mais “ocidentalizada” cidade da Rússia.

Sochi – Localizada no Sudoeste do país, próxima às Montanhas do Cáucaso e do Mar negro, a cidade foi sede dos Jogos Olímpicos de Inverno em 2014 e é anfitriã do Grande Prêmio de F1 da Rússia. É uma das cidades com clima mais ameno. Nela está o Estádio Fisht, com capacidade para 48 mil pessoas, construído para os Jogos de Inverno e reformado para a Copa da FIFA.

Cazã – Capital da República do Tartaristão, é a oitava cidade mais populosa do país. Nela fica a Kazán Arena, mais um dos estádios da Copa, inaugurado em 2013.

Ecaterimburgo – Capital do Distrito Federal de Ural, a cidade fica na parte oriental dos Montes Urais. O Ekaterimburgo Arena foi reformado para a copa e sua construção original data de 1953.

Samara – Cortada pelo Volga, o maior rio da Europa, esta sede é uma importante cidade industrial da Rússia. Construiu o estádio denominado Samara Arena para receber a Copa da FIFA 2018.

Níjni Novgorod – Uma das cidades mais antigas da Rússia e quinta maior do país, inaugurou neste início de ano o Estádio Nizhny Novgorod, com capacidade para 45 mil torcedores. Ele receberá jogos de oitavas e quartas de final.

Rostov do Don – Capital do estado homônimo, nesta cidade a Sudoeste da Rússia fica a Arena Rostov, um estádio com capacidade para 45 mil torcedores, inaugurado no final de 2017. Nele, a Seleção Brasileira fará sua estreia jogando contra a Suíça, no dia 17 de junho. Será palco também de um dos confrontos das oitavas de final.

Volgogrado – Chamada de Stalingrado até 1961, esta cidade é uma das mais marcantes da história da Rússia. A Volgogrado Arena, também recém-construída, tem a estrutura parecida com um ninho de pássaros. O estádio abriga 45 mil pessoas e receberá jogos da fases de grupos da Copa.

Kaliningrado – Província portuária banhada pelo Mar Báltico, entre a Lituânia e a Polônia, é a única sede situada fora da Rússia. O Estádio de Kaliningrado, também novo, comporta até 35 mil pessoas.

Saransk – Capital da república de Mordovia, é a menor cidade-sede da Copa do Mundo da Rússia. Nela está a Mordóvia Arena, estádio para 25 mil pessoas, mas que ganhará estrutura temporária para elevar sua capacidade para 44 mil torcedores.

About Stifler Mendes

view all posts

Blogueiro e fundador dos sites Criatives, DesignBrain e Curiozo com Z. Formado em Desenvolvimento Web e Design Gráfico, morador de São José dos Campos, apaixonado por séries e Counter Strike ♥