Esse chipanzé se recusava comer até ser visitado por seu antigo cuidador.

O Royal Burgers Zoo, na Holanda, tinha Mama, uma chimpanzé de 59 anos como matriarca. Essa colônia é bastante famosa no país e serviu como base para pesquisas pioneiras sobre como os primatas se comportam, o que chegou até a render um livro, o ‘Chimpanze Politics’, de Frans de Waal.

Quando era abril de 2016, Mama estava no fim da vida, bastante doente, o animal vivia triste e sem ânimo nem parar comer. Foi quando o co-fundador da colônia e professor de biologia Jan Van Hooff soube da notícia e foi visitar a chimpanzé para participar de seus últimos momentos.

A amizade entre os dois era longa, se conheceram em 1972 e tinham um vínculo muito forte, já que o professor era quem havia cuidado de Mama por longos anos.

Assim que chegou ao local, a chimpanzé, muito fraca, não havia reconhecido a presença do velho amigo.

Entretanto, quando viu que se tratava do antigo cuidador, Mama não escondeu a alegria que estava sentindo.

O momento foi tão marcante para todos, que puderam ver como é bonito o vínculo entre um animal e o ser humano.

Veja o encontro completo como foi:

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.