Garota gasta 3 anos transformando ônibus velho em uma casa móvel (E consegue ser melhor que muito apartamento).

Em vez de procurar pela casa dos seus sonhos, Jessie Lipskin decidiu criá-la. Navegando pelo eBay, Jessie se apaixonou por um ônibus GMC de 1966 (o mesmo modelo que Keanu Reeves dirigiu no filme ‘Velocidade Máxima’) e instantaneamente o comprou.

Ela passou os anos seguintes convertendo o veículo em uma casa sobre rodas, e os excelentes resultados mostram todo o esforço que ela depositou no projeto. Jessie explica que sua casa não-tradicional foi inspirada pela busca de um estilo de vida ecológico.

“Minha primeira inspiração para um estilo de vida sustentável alternativo foi o documentário clássico Garbage Warrior”, disse Lipskin. No documentário, Michael Reynolds, um arquiteto ecológico, projeta e constrói terrenos usando materiais totalmente reciclados. [Isso] realmente ressoou muito em mim.”

“Comecei a ler de tudo, especialmente à respeito de estilos de vida sustentáveis. Por fim, uma casa sobre rodas parecia ser uma solução perfeita: eu poderia facilmente explorar novos lugares (encontrar um lugar permanente para se instalar, no curto prazo, não era uma prioridade para mim), e eu poderia continuar a viver um estilo de vida vegano.”

“Os RVs não tinham a estética que eu estava procurando, então eu consegui uma espécie de ônibus vintage que poderia ser registrada e segurada como um RV”.

Jessie disse que a parte mais difícil foi encontrar pessoas certas para ajudá-la a reformar o ônibus. “Eu amo o estilo “DIY” (faça você mesmo), no entanto, eu não tenho experiência com encanamento, elétrica, carpintaria necessária para este projeto”, acrescentou.

“O grande desafio é que era muito diferente de trabalhar em uma casa que é fixada em um local. Eu tive que me acostumar com o movimento e as chacoalhadas naturais do veículo quando em movimento, além disso, os ângulos do ônibus e as janelas de estilo inclinadas tornavam difícil projetar o melhor layout e o trabalho em madeira curvado. Os níveis eram inúteis à medida que a inclinação do ônibus mudava dependendo da localização, era tudo sobre ângulos de cálculo. Isso acrescentou muito tempo ao projeto”.

Apesar das dificuldades, ela não desistiu. No geral, seu trabalho apaixonado lhe custou pouco de US$ 70 mil (R$ 260 mil) até à conclusão. Jessie está morando no ônibus desde janeiro, e ela absolutamente o adora.

Jessie Lipskin se apaixonou por este ônibus GMC de 1966 e decidiu transformá-lo em uma linda casa móvel

E assim ele se encontrava quando Jessie o comprou…

A parte mais difícil foi encontrar pessoas certas para ajudá-la a reformar o ônibus

“Eu amo o estilo “DIY” (faça você mesmo), no entanto, eu não tenho experiência com encanamento, elétrica, carpintaria necessária para este projeto”, disse.

“O grande desafio é que era muito diferente de trabalhar em uma casa que é fixada em um local.”

“Eu sempre tive que dar conta do movimento, além disso, os ângulos do ônibus e as janelas de estilo inclinadas tornavam difícil projetar o melhor layout possível e a madeira curva.”

“Os níveis eram inúteis à medida que a inclinação do ônibus mudava dependendo da localização, era tudo sobre ângulos de cálculo. Isso acrescentou muito tempo ao projeto”

No total, o ônibus levou 3 anos para refazer.

O resultado valeu muito a pena, no entanto:

“Uma pintura a óleo encontrada na cidade de Goodwill embeleza o corredor. Acho que esses últimos retoques realmente ajudam a se parecer mais com uma casa do que com um ônibus”, escreveu um amigo prestativo.

“Área da cozinha em direção ao quarto principal”

“Levou um bom tempo para encontrar as cortinas certas. Coloquei cortinas de veludo no quarto”

“Uma almofada personalizada de Nova Jersey…”

“Uma pequena biblioteca na parte de trás do quarto”

“Esta é apenas uma parte do armário, que se estende fartamente para a esquerda e para a direita”

Vista da casa.

O banheiro.

“O banheiro tem um piso de madeira de mogno com aberturas que drenam a água do chuveiro. O ralo do chuveiro conecta-se ao ralo do piso e ambos levam ao tanque de água cinza que é montado sob o ônibus.”

“Uma cozinha com vista”

Cuidado!

Esta é a Jessie.

E este é seu ônibus-casa.

Assista ao vídeo para saber mais:

P.S.: Jessie adora viver em sua casa móvel, mas ela deseja viajar internacionalmente e está pronta para vender seu ônibus para seguir em frente para sua próxima aventura. 

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 19 anos, é Web Designer e Criador de Conteúdo do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.