A cachoeira artificial mais alta do mundo mede 100 metros e está localizada em um arranha-céu – confira o vídeo!

A mais alta cachoeira artificial do mundo, com 108 metros, está localizada na fachada de um edifício na cidade de Guiyang, na China. Seu custo de operação é de cerca de 800 yuans por hora (pouco mais de 100 dólares), por isso ela não funciona diariamente, nem por muito tempo; apenas em ocasiões especiais, por cerca de 10 a 20 minutos.

O grande fluxo de água é armazenado na parte inferior do arranha-céu e é bombeado com quatro bombas elétricas para, em seguida, ser derramado como tal qual uma grande catarata, digna de aplausos. Críticos dizem que é uma “ideia terrível” devido ao alto custo e desperdício de água. No entanto, um porta-voz do projeto disse que a água utilizada é advinda da chuva, sendo devidamente tratada antes do despejamento. Apenas uma pequena parte vem de outras fontes, como os lençóis freáticos.

O vídeo:

De acordo com o portal KanKaNews (da China), os tanques de água localizados abaixo do edifício possuem o volume equivalente ao espaço disponível de quatro andares.

A água dos tanques é rearmazenada no reservatório, de modo que não haja desperdício com o uso de bombas. A expectativa é que dois novos edifícios chineses ganhem cachoeiras artificiais no próximo ano.

Compartilhe o post com seus amigos!

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 19 anos, é Web Designer e Criador de Conteúdo do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.