Fotografias mostram a diferença entre celas de cadeias ao redor do mundo

É crescente (e preocupante) o número de pessoas que passam seus dias atrás das grades, de acordo com o Instituto para Pesquisas Políticas Criminais, do ano 2000 até outubro de 2015 em todo o mundo, a população carcerária feminina cresceu 50%, e a masculina 18%.

Desde a data da última pesquisa, provavelmente este número aumentou ainda mais, o levantamento inclui pessoas que estão presas provisoriamente, que aguardam julgamento e também as que já foram sentenciadas.

De todos os países da lista, o Brasil aparece na 4ª posição com um total de 607 mil detentos, o topo pertence aos Estados Unidos, com assustadores 2,2 milhões de presidiários, sendo seguido pela China (1,65 milhão) e Rússia (640 mil), fechando assim o ranking de primeiros colocados.

Mas, como esses presos são tratados? Como é que eles vivem? Abaixo você vai conferir 15 exemplos de celas cadeias ao redor do mundo, é impressionante a diferença:

01. Aranjuez, Espanha
Nesta prisão, os detentos podem ter visitas frequentes dos familiares.

02. Halden, Noruega

03. Onomichi, Japão

04. Lilongwe, Malawi

05. Cartagena, Colômbia
À noite, as detentas cujas penas estão chegando ao fim trabalham no restaurante em um pátio da prisão para estimular a transição para a vida em liberdade.

06. Manaus, Brasil

07. Montreal, Canadá

08. Califórnia, EUA

09. San Miguel, El Salvador

10. Landsberg, Alemanha

11. Cidade Quezon, Filipinas

12. Genebra, Suíça

13. Arcahaie, Haiti

14. Cebu, Filipinas
Diariamente as presidiárias praticam dança.

15. Yvelines, França

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.