Homem que já foi mulher dá à luz a um bebê de mulher que já foi homem

 

Fernando Machado e Diane Rodriguez são um casal bastante apaixonados que acabaram de dar à luz ao primeiro filho, o que torna essa história especial é o fato de que Fernando já foi mulher, e Diane já foi homem, são transgêneros.

Eles moram no Equador e entraram pra história: são o primeiro casal transgênero a ter um filho na América do Sul.

Diane contou que a criança ainda não tem nome: “Ainda não temos nome, vamos esperar um pouco antes de o anunciar”.

“Ser mãe é algo que eu pensava que não me podia acontecer porque sou transexual. Para ser reconhecido mulher, tenho que ser castrado”. Diane passou por vários problemas ao longo da vida: não conseguiu entrar no congresso, foi rejeitada pela família e já viveu na rua, além de ter sido raptada diversas vezes.

Mesmo com tanta gente contra, o casal tem quem os apoiem: “Nós vivemos como marido e mulher. Conhecendo os nossos direitos, decidimos ter um filho.”

“Eu comecei a chorar de felicidade, eu estava com medo, atordoado ao mesmo tempo. Foi um belo momento. Eu nunca me tinha sentido assim antes. Estou emocionado,” relembra Fernando sobre a sua gravidez. Antes de ter esta identidade, ele se chamava Maria e vivia na Venezuela. Agora, ele conta como conheceu Diane: “Depois de alguns dias batendo papo com ela, peguei um ônibus e fui para o Equador”, comenta. “Depois de três semanas morando juntos, fiquei grávido”.

“Vivemos como homem e mulher. Sou uma mulher trans e Fernando é um homem trans. O processo para chegar até aqui foi complexo, mas sabendo que é nosso direito, decidimos adicionar outro membro à nossa família”, disse Diane.

Para Fernando, o momento mais emocionante foi quando descobriu que estava grávido: “Enviei a foto do teste para a minha mãe. Ela mostrou o resultado a um médico que anunciou: ‘É positivo’… “Comecei a chorar de felicidade, medo e pavor, tudo de uma vez. Foi o momento mais bonito, nunca me senti assim antes”.

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.