Incêndio florestal cria um raríssimo tornado de fogo e água – veja o vídeo!

O fenômeno natural foi capturado em vídeo por Chris e Anne Mackie, que estavam viajando em seu carro ao longo do rio Colorado, Arizona (EUA).

O calor extremo em Blythe, Califórnia, produzido pelo fogo, provocou o perigoso tornado de fogo. O vídeo mostra o momento em que um incêndio florestal se transformou em um tornado de fogo e depois em um redemoinho de água, combinados.

O tornado de fogo ocorre quando o ar quente entra em contato com o fogo no solo. Embora os redemoinhos de fogo durem apenas alguns minutos, em 2012, presenciamos o caso de um tornado de fogo que durou quase uma hora na Austrália.

Sobre os tornados

Um tornado é uma coluna de ar em rotação rápida que entra em contato com a superfície da Terra e com uma nuvem cumulonimbus ou, em casos raros, com a base de uma nuvem cumulus. A tempestade de vento é freqüentemente chamada de ciclone ou turbilhão, embora a palavra ciclone seja usada em meteorologia para nomear um sistema meteorológico com uma área central de baixa pressão na qual os ventos sopram no sentido anti-horário no Hemisfério Norte e no sentido horário no Hemisfério Sul.

Tornados vêm em muitos formatos e tamanhos, e eles são geralmente visíveis na forma de um funil de condensação originário da base de uma nuvem cumulonimbus, com uma nuvem de detritos rotativos e poeira abaixo dela. A maioria dos tornados tem velocidade do vento menor que 110 milhas por hora (180 km / h), tem cerca de 250 pés (80 m) de diâmetro e percorrem alguns quilômetros antes de se dissiparem. Os tornados mais extremos podem atingir velocidades de vento de mais de 480 km / h, mais de 3 km de diâmetro e permanecer no solo por dezenas de quilômetros.

Já as trombas d’água são caracterizadas por uma corrente de vento em forma de funil em espiral, conectando-se a um grande cúmulo ou nuvem cumulonimbus. Elas são geralmente classificadas como tornados não-supercelulares que se desenvolvem sobre corpos de água, mas há discordância sobre classificá-los como tornados verdadeiros. Essas colunas espiraladas de ar freqüentemente se desenvolvem em áreas tropicais próximas ao equador e são menos comuns em altas latitudes.

Compartilhe com os amigos!

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 19 anos, é Web Designer e Criador de Conteúdo do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.