Cientistas afirmam que crianças precisam de micróbios para crescerem mais saudáveis, não antibióticos.

Manter tudo muito limpo… Nem sempre isso é a melhor maneira de evitar doenças e problemas de saúde, principalmente para os pequenos. Lavar as mãos é uma atividade de grande importância, entretanto, alguns levam isso a sério demais.

Os desinfetantes de mãos, sabonetes, dentre outros produtos, eliminam os micróbios da pele, e isso vem causando um impacto terrivelmente negativo no sistema imunológico das crianças, é o que diz o livro “Deixe-os comer sujeira: salvando nossos filhos de um mundo ultrapassado”, da microbiologista Marie-Clarie Arrieta.

Diversas condições crônicas, desde alergias até mesmo a obesidade, podem estar relacionadas com o exagero na limpeza. De acordo com a doutora, nascemos sem nenhum micróbio e é a partir do momento que eles entram em ação, que o nosso sistema imunológico começa a funcionar corretamente.

Uma das hipóteses que explica, além das alergias e obesidade, as doenças inflamatórias, é o excesso de higiene, e essa explicação não é apenas genética. “Nossos genes simplesmente não mudam tão rápido”, explica Marie-Clarie.

A pesquisa realizada identifica que a falta de exposição das crianças aos micróbios contribui para o aparecimento desses distúrbios, e cientistas afirmam que a exposição à eles no início de nossas vidas é extremamente importante para que o sistema imunológico seja treinado adequadamente e, eventualmente, o que evita o surgimento dessas doenças.

Crianças que crescem em ambientes rurais estão menos propensas a terem asmas, segundo evidências epidemiológicas. Óbvio, ninguém vai pegar suas coisas e mudar para uma fazenda, mas, ter uma vida em um ambiente sem excesso de limpeza realmente é o melhor para nossos filhos.

A mesma lógica pode ser usada para quem tem um animal de estimação, esses mesmos estudos apontaram que limpar tudo que entra na boca do bebê aumenta as chances daquela criança ter asma, e essas chances diminuem se a chupeta, por exemplo, ser limpa na boca dos pais.

A higiene é primordial para nossa saúde e nunca devemos deixar de lavar as mãos, entretanto, isso tem que ser feito na hora que for eficaz para a prevenção de doenças, ou seja, antes de comer e depois de usar o banheiro.

Com isso, se ver o seu filho brincando com terra no quintal, cientistas afirmam para não remover a sujeira, pois é preciso haver um equilíbrio entre prevenir a infecção (que é uma ameaça real), e promover essa exposição aos micróbios.

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.