Desde 1915 as pessoas moram dentro desse buraco. Você precisa ver como ele é por dentro.

Há um padrão específico para viver? Para ter uma moradia? Se você navegar na internet e pesquisar sobre o assunto logo encontrará casas flutuantes, sobre rodas, em locais inusitados, enfim, cada um mora de acordo com suas condições e suas preferências, mas, o que você vai ver agora é completamente diferente de tudo que já viu.

Nos horizontes da Austrália, há uma cidadezinha com o nome de Coober Pedy.

Com aproximadamente 2000 pessoas, foi construída como cidade de mineração de opala.

O lugar costuma fazer altas temperaturas, então, os moradores encontraram uma maneira exótica de viver.

A cidade toda foi construída, praticamente, embaixo do solo.

Coober Pedy se estende por corredores quilométricos onde é possível encontrar tudo que encontraria em uma casa ‘acima do chão’.

Há até um hotel, para quem deseja se hospedar e conhecer mais o lugar.

Metade da base da casa fica pra cima e outra metade pra baixo…

… mas, isso não impede de oferecerem o mesmo conforto que as moradias convencionais oferecem!

Foi em 1915 que tudo começou, quando pai e filho chegaram no local em busca de ouro.

Em vez disso, eles encontraram opala, que rapidamente se tornou uma pedra popular no exterior. Mas devido às altas temperaturas da localização, os mineiros acharam mais fácil procurar abrigo nas minas.

Em Coober Pedy tudo parece deserto quando visto por cima…

… entretanto, há cerca de 1500 casas na cidade.

O município só é pequeno em tamanho, pois se tornou o maior fornecedor de opala do mundo. Por lá, não há só casas e hotel, é possível encontrar igreja:

Uma livraria para visitantes e moradores:

Claro, uma joalheria mostrando joias com pedaços de opala:

E também um bar, pra dar aquela relaxada:

O lugar é realmente impressionante!

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.