Ela comprou 15 sandálias para crianças africanas mas acabou saindo da loja com 115 pares.

Uma das colaboradoras da ong Fraternidade Sem Fronteiras, Lala Biasi, aposentada de 62 anos, moradora de Americana, interior de São Paulo, que foi comprar 15 pares de sandálias para ajudar crianças africanas, entretanto, saiu da loja com 115 pares.

Foi através de amigos que a mulher conheceu a instituição e decidiu que estava na hora de ajudar, atualmente, a ong pretende arrecadar mais de 1.000 pares de sapatos para distribuir entre crianças de diversos países carentes do continente africano, isso porque, muitas delas andam descalças o tempo todos e algumas até perderam dedos por causa do bicho-de-pé.

Comovida com o fato, Lala decidiu contribuir com 15 pares de sandálias, mas, quando o dono da loja soube para onde os calçados iriam, resolveu doar 115 pares, dá pra acreditar?

“Quando eu estava na fila para pagar, a vendedora que me atendeu apareceu acompanhada dele [dono da loja], e me perguntou se eu aceitaria uma doação. Olhei espantada, então ele se apresentou e disse que me mostraria um sapatinho. Se eu aceitasse, ele me daria alguns pares”, contou Lala.

Ao sair da loja, a aposentada não poderia estar mais feliz, pois percebeu ali que ainda há pessoas no mundo dispostas a ajudar o próximo: “Ele não sabia se eu estava falando a verdade, mas confiou e me entregou o melhor que podia dar”, afirma.

A ong Fraternidade Sem fronteiras tem sua sede em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e você pode conhecer o trabalho que fazem através do site da instituição.

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.