Policial faz barba de sem-teto para ele passar na entrevista de emprego.

Uma nobre atitude aconteceu há pouco mais de três semanas nos Estados Unidos, um policial chamado Carlson foi flagrado raspando a barba de um sem-teto e, quando questionado, disse que ouviu um funcionário do Mc Donalds falando para o homem que ele não poderia trabalhar se não raspasse a barba.

A mulher que flagrou a cena ficou bastante emocionada e diz se sentir orgulhosa de viver em um lugar onde a polícia realmente trabalha em prol da população.

“Tenho muito orgulho de viver em uma comunidade onde nossos representantes e oficiais são pessoas maravilhosas”, escreveu a mulher. “Bom trabalho, Departamento de Polícia de Tallahassee !!!”, concluiu a moça.

A boa notícia é que após a ação de Carlson, o sem-teto conseguiu o emprego no Mc Donalds e não poderia estar mais feliz, afinal de contas, ele deu o primeiro passo (e talvez o mais importante), para conseguir mudar o rumo de sua vida, e essa sensação não há dinheiro algum que pague. O Departamento de Polícia de Tallahassee comemorou a contratação do homem em seu perfil no Twitter:

O caso ganhou tanta notoriedade que a contratação do sem-teto foi noticiada pelo programa de televisão NBC Nightly News, no início deste mês. Ainda com as boas notícias, se o sem-teto ficar na empresa ao menos por 90 dias, trabalhando 15 horas por semana, será integrado no programa nacional Archways for Opportunities.

Caso o homem consiga entrar para este programa nacional, receberá 2.500 dólares (9 mil reais) para tirar o diploma de ensino médio, receber o reembolso de matrícula na faculdade, ou ainda para aprender um segundo idioma.

Além de ter feito a barba do sem-teto, o policial Carlson entregou ao homem roupas novas antes de voltar para fazer a entrevista, que resultou em sua contratação!

Que essas histórias nos inspire, ser solidário com o outro nunca é demais, mesmo ajudando o próximo, uma atitude de bondade, primeiramente, faz bem para nós mesmos!

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.