Casal vende o que tinha para viver dentro de um caminhão. Porém ninguém sabia que o interior era tão organizado assim.

Para grande parte da população, a casa perfeita não precisa ser necessariamente um espaço requintado com um quintal gigantesco, tampouco um apartamento luxuoso no centro da capital. A casa perfeita pode ser qualquer coisa, em qualquer espaço. Um casal inglês descobriu sua casa perfeita: o interior de um caminhão!

Adam Croft e Nikki Pepperell estavam fartos de gastar grande parte do dinheiro do mês com um aluguel de um apartamento. Eles tomaram uma decisão inortodoxa: comprar um caminhão e convertê-lo em um espaço morável para economizarem dinheiro e, de quebra, realizar seus sonhos de viajar, maior hobbie do casal.

O resultado final, pós-reforma, é incrível. Confira abixo as fotos e aproveite o tour pela acolhedora “residência móvel” de Adam e Nikki.

A partir da porta de trás do caminhão, se abre para uma varanda protegida que leva ao recém-convertido espaço do casal.

Pela porta da frente, você encontra uma aconchegante sala de estar.

Eles passaram um ano inteiro convertendo o veículo e tiveram que vender grande parte de seus objetos; logo, a empreitada exigiu que levassem uma vida humilde, simples e pouco consumista.

Completamente iniciantes neste tipo de trabalho, conseguiram instalar uma cozinha completa com bancadas de madeira, pia e fogão.

O resultado final é incrível!

Adam e Nikki fizeram excelente uso de cada centímetro quadrado do caminhão. O quarto deles não ocupa grande espaço porque está construído acima da área de estar.

Bem aconchegante!

E claro que também há um pequeno banheiro com um chuveiro.

Noites frias? Pode esquecer. O casal instalou um fogão a lenha, então há sempre calor disponível em sua nova casa.

Por fim, o casal colocou um grande mapa-múndi à espera de sua “road trip”.

Genial, não?

Para saber mais, assista ao vídeo abaixo:

Compartilhe o post com seus amigos!

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 19 anos, é Web Designer e Criador de Conteúdo do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.