Falha em montanha-russa no Japão deixa passageiros pendurados de cabeça pra baixo por duas horas

Mais de 32 aventureiros nunca imaginaram que alguns segundos de adrenalina acabariam se tornando horas de desespero e terror, especialmente para aqueles que sofrem de acrofobia, medo de altura, a oitava fobia mais comum do mundo. Este incidente aconteceu em um parque temático no Japão.

O mais curioso é que eles estavam presos na parte mais alta da montanha-russa, a cerca de 30 metros de altura. Moradores e turistas estavam aproveitando a visita ao parque temático Universal Studios em Osaka, no Japão.

Um mecanismo de segurança defeituoso fez com que dois dos carros ‘de dinossauros voadores’ do brinquedo temático de Jurassic Park parassem de repente. Um dos carros estava perto da estação de embarque, enquanto o segundo ficou no topo da montanha russa.

Resgatá-los foi um desafio. Para isso, a equipe de resgate teve que construir uma plataforma de manutenção, remover os passageiros de seus cintos com segurança cuidadosamente e, em seguida, auxiliaram eles a sair da estrutura que suportava a torre. Uma operação minuciosa e crítica.

Aproximadamente duas horas depois, todo mundo estava pisando no chão novamente. Logo a montanha foi consertada e depois de duas horas de testes já havia voltado a operar normalmente, com a típica eficiência e rapidez japonesa.

Veja o vídeo:

Compartilhe o post com seus amigos!

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 19 anos, é Web Designer e Criador de Conteúdo do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.