Onda de frio transforma praia britânica em grande cemitério marinho

Milhares de estrelas do mar e outras espécies marinhas apareceram mortas em Kent (Reino Unido). O estranho fenômeno ocorreu neste final de semana e foi capturado pela fotógrafa escocesa Lara Maiklem.

Ainda não se sabe as razões exatas dos encalhes maciços, mas eles são freqüentemente atribuídos a tempestades ou clima muito frio. Os ventos fortes podem perturbar os mares, criando grandes ondas que agitam o leito marinho onde residem muitos animais . O fundo do mar é perturbado e pode sufocar esses animais.

Acredita-se que este triste fenômeno tenha sido causado pela Besta do Oriente, um vórtice polar que traz temperaturas abaixo de zero e fortes rajadas de vento na costa leste do Reino Unido.

Frank Leppard, um fotógrafo local, disse que nunca viu tanta vida marinha morta em um só lugar.

A publicação gerou comentários de pessoas que descreveram cenas similares em outros lugares.

Compartilhe o post com seus amigos.

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao amplo público brasileiro. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para o Sociologia Líquida, Explicando, Segredos do Mundo, Área de Mulher, Criatives, Razões para Acreditar e Feedty. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.