Onda de frio transforma praia britânica em grande cemitério marinho

Milhares de estrelas do mar e outras espécies marinhas apareceram mortas em Kent (Reino Unido). O estranho fenômeno ocorreu neste final de semana e foi capturado pela fotógrafa escocesa Lara Maiklem.

Ainda não se sabe as razões exatas dos encalhes maciços, mas eles são freqüentemente atribuídos a tempestades ou clima muito frio. Os ventos fortes podem perturbar os mares, criando grandes ondas que agitam o leito marinho onde residem muitos animais . O fundo do mar é perturbado e pode sufocar esses animais.

Acredita-se que este triste fenômeno tenha sido causado pela Besta do Oriente, um vórtice polar que traz temperaturas abaixo de zero e fortes rajadas de vento na costa leste do Reino Unido.

Frank Leppard, um fotógrafo local, disse que nunca viu tanta vida marinha morta em um só lugar.

A publicação gerou comentários de pessoas que descreveram cenas similares em outros lugares.

Compartilhe o post com seus amigos.

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 19 anos, é Web Designer e Criador de Conteúdo do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.