Passageiro em aeroporto é preso em flagrante por tentar traficar cobra píton dentro de um computador

No início de julho, a Administração de Segurança no Transporte (TSA) dos Estados Unidos encontrou algo no mínimo “original” em suas apreensões pelo Aeroporto de Miami: uma cobra píton escondida dentro de um computador. A descoberta aconteceu depois que o teste de raio-X apontara um “objeto” muito estranho dentro do equipamento.

O passageiro que viajava de Miami para Barbados carregava uma unidade de processamento central (CPU) como distração para o animal, que estava deitado em cima da placa-mãe. Antes de pegar o voo, as autoridades chamaram especialistas em bombas, e o objeto suspeito acabou se revelando uma cobra píton enrolada dentro de uma sacola.

Autoridades disseram que a cobra não era completamente uma ameaça aos passageiros, mas ao próprio avião; se ela tivesse escapado poderia ter danificado a estrutura física operacional do avião.

Uma publicação compartilhada por TSA (@tsa) em

Finalmente, o Fish and Wildlife Service, ONG de apoio aos animais, se encarregou de apreender a cobra, responsabilizando-se por devolvê-la à seu habitat natural. Quanto ao passageiro mal-intencionado, que queria contrabandear o animal, foi preso e pagará uma multa de aproximadamente 1000 dólares.

Compartilhe o post com seus amigos!

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao amplo público brasileiro. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para o Sociologia Líquida, Explicando, Segredos do Mundo, Área de Mulher, Criatives, Razões para Acreditar e Feedty. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.