10 fenômenos naturais mais fascinantes que acontecem na terra e você não conhecia.

Nosso planeta é único e nele ocorrem fenômenos naturais diários que passam despercebidos pela maioria de nós. Fizemos uma interessante compilação de alguns dos fenômenos naturais mais estranhos e fascinantes da Terra. Essa lista foi feita para nos lembrar do maravilhoso mundo que vivemos e nos motivar a cuidar melhor dele e do meio ambiente que o rodeia.

1. Bioluminescência

Começamos essa interessante lista com um fenômeno natural que além de impressionante é maravilhoso. A bioluminescência, que é a produção e emissão de luz por um organismo vivo; no habitat marinho, ela é utilizada por milhões de plânctons e algas. Quando incomodado por algum organismo externos, luzes espetaculares na água são criadas. Curioso, não? Agora, este fenômeno natural não se limita ao mar, também vemos exemplos de bioluminiscenia na terra, por exemplo, os vaga-lumes .

2. Supercélula

Uma super célula é uma imensa tempestade rotacional. Pode durar várias horas com uma estrutura só. Essas tempestades são as mais propensas a produzir tornados de longa duração e pedaços de granizo do tamanho de uma laranja.

3. Rolo de neve (snowrollers)

O “rolo de neve” ocorre quando ventos fortes carregam neve molhada e a “assopram” no chão. Ou seja, o solo deve ser coberto por uma camada de gelo e, em seguida, deve haver neve molhada solta no topo, com uma temperatura próxima ao congelamento. Em seguida, os ventos criam lindos rolos brancos, que de longe parecem ser bolas de neve e, em alguns casos, até parecidos com donuts gigantes de neve.

Um fenômeno muito curioso e estranho, onde fatores como a superfície, o vento forte o suficiente para mover os rolos de neve e gravidade entram em jogo, de modo que quase sempre os rolos de neve se desenvolvem nas colinas.

4. Arco-íris de fogo

Também chamado de arco circumhorizontal. É muito semelhante a um arco-íris, porém mais curto e mais grosso. Um rigoroso conjunto de condições é necessário para que o arco-íris de fogo apareça. Em primeiro lugar, apenas as nuvens cirros formadas por pequenos cristais de gelo precisam ser produzidas nas nuvens. Para gerar as cores do arco-íris, os raios do Sol devem entrar nos cristais de gelo em um ângulo preciso para dar o efeito de prisma do espectro de cores e o Sol deve estar a uma altura de pelo menos 58 graus acima do horizonte. Sem essas condições, esse fenômeno natural extraordinário e incomum não pode ocorrer.

5. Nuvens Lenticulares

As nuvens lenticulares são formadas a partir dos ventos de montanha. O vento carrega a maioria das nuvens que vemos no céu, mas as nuvens lenticulares parecem permanecer no mesmo lugar. O ar circula para cima e sobre a montanha, e quando o ar vai para além do topo da montanha, uma nuvem lenticular se forma, então o ar evapora do lado mais distante da montanha.

6. Auroras

As auroras são formadas quando uma ejeção de massa solar colide com os pólos norte e sul da magnetosfera terrestre, produzindo uma luz difusa mas predominante projetada na ionosfera da Terra. Essa luz é colorida por esses átomos.

7. Tornado de fogo

Este é outro fenômeno natural raro que ocorre na Terra. Não é comum, mas quando acontece, pode ser perigoso. O terrível turbilhão ocorre quando o ar quente entra em contato com o fogo no solo. Embora o fogo rodopiante seja conhecido por durar apenas alguns minutos, em 2012 lemos o caso de um tornado de fogo que durou 40 minutos na Austrália.

8. Halo solar

O halo é causado por partículas de gelo suspensas na troposfera que refratam a luz fazendo um espectro circular de cores ao redor do sol. Há também halos lunares. Os fotógrafos aproveitam esses fenômenos raros para criar fotos incríveis como essa de um halo solar na Califórnia . Em Xangai, aconteceu que, ao mesmo tempo, um arco-íris foi visto de cabeça para baixo.

9. Skypunch ou Buraco Fallstreak

De maneira simplificada, esse fenômeno é o resultado de uma combinação de baixas temperaturas, tráfego aéreo e estabilidade atmosférica que é um tanto incomum. Quando os cristais são formados a partir da água superaquecida, os cristais e as pequenas gotículas de água que os rodeiam evaporam repentinamente, deixando um buraco na nuvem.

10. As colunas basálticas

As colunas são feitas de lava vulcânica. Sua aparência depende do processo de resfriamento do magma após a erupção. Se o fenômeno ocorre rapidamente na mesma superfície da cratera ou seus arredores, a lava dará origem a pedra basáltica, composta de cristais muito pequenos. O material, uma vez solidificado, tem uma dureza tal que não sofre as consequências da erosão com a mesma intensidade que o terreno adjacente, de modo que as colunas acabam surgindo com a passagem do tempo devido à ação dos fenômenos meteorológicos. Um exemplo de como esses lugares são bonitos é o Giant’s Causeway, na Irlanda.

Compartilhe o post com seus amigos!

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 19 anos, é Web Designer e Criador de Conteúdo do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.