15 casas isoladas que podem trazer paz para sua alma

Existem dezenas de megalópoles ​mundo afora, concentrando centenas de milhões de pessoas. Tóquio, por exemplo, abriga 40 milhões de pessoas em alguns quilômetros quadrados de área. Outras cidades, como São Paulo, Xangai, Cidade do México e Nova York, outras 20 milhões de pessoas cada.

No entanto, ainda existem lugares em nosso planeta onde você pode ficar sozinho e tirar férias de pessoas, ruídos e intermináveis ​​telefonemas. Decidimos mostrar-lhe casas isoladas onde as pessoas vivem em harmonia tanto consigo mesmas quanto com o mundo ao seu redor.

Se há algo neste mundo incorporando tranquilidade, se parece com isso:

Quando toda a ilha é sua e em vez de vizinhos você pode cumprimentar os capitães dos navios que passam:

Aqueles que conseguem atingir a altura de 4 mil metros terão uma vista maravilhosa das nuvens flutuando sob seus pés

Parece que a natureza usou todos os tons de verde para esta foto:

Um abrigo para o Robinson Crusoé moderno: uma casa particular, uma floresta pessoal e uma ilha pessoal

Mesmo que haja apenas algumas dezenas de pessoas vivendo em uma ilha, ocasionalmente você pode querer ficar sozinho

O mar está sempre perto

A aldeia mais introvertida do mundo

Quando você toma toda a ilha para construir uma casa:

Perfeição

A melhor cerca é aquela de que você não precisa

A única coisa que conecta você e seu vizinho

Quando até a sua casa é introvertida:

Apenas 650 degraus para quem quer chegar ao topo do mundo

Quando, além do isolamento, você cria seu próprio microclima:

Você gostaria de morar em alguma dessas casas isoladas? Compartilhe o post com seus amigos!

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 19 anos, é Web Designer e Criador de Conteúdo do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.