22 Clientes de supermercado totalmente sem noção

Você certamente já presenciou num supermercado algumas pessoas absolutamente ‘sem-noção’. Um exemplo clássico nestes lugares são pessoas que se vestem de forma luxuosa, como se estivessem indo a uma festa ou grande evento apenas para fazer as compras do mês, enquanto a grande maioria de nós apenas utilizam roupas confortáveis e informais, justamente porque ir às compras não se trata de uma ocasião especial.

O Criatives encontrou algumas das situações mais loucas e bizarras já registradas nos supermercados e mercearias mundo afora. Você com certeza vai querer conhecer algumas excêntricas figuras pessoalmente! Ou talvez queira vê-las de longe, bem longe. Confira!

22. Ela só queria um pouco de companhia

21. Nada inacreditável, apenas uma adorável menininha passeando pelo supermercado

20. Ao que parece, é uma pessoa realizada

19. Levando sua cabra para o passeio

18. As avós estão ficando loucas?

17. E mais um motivo…

16. O motivo pelo qual não é bom levar os filhos para o supermercado

15. Sendo feliz é o que importa

14. Divirta-se, caixa!

13. Esta criança deve detestar fazer compras

12. Desconfiamos de que esteja ao contrário…

11. Como podemos comprar isto, se não podemos experimentar primeiro?

10. Quando se sabe como tratar o neto

9. Levando seus bebês para passear

8. Mães que educam de forma bastante “amorosa”

7. Se para ele é confortável, não há impedimentos

6. Deve dar um certo trabalho para pentear

5. Bem casual para fazer compras

4. O carrinho para bebê não estava disponível

3. Eles estão por toda a parte

2. Calor na Austrália

1. Muito mais quente do que um simples cachecol

Compartilhe o post com seus amigos!

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 19 anos, é Web Designer e Criador de Conteúdo do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.