8 escadas tão insanas que vai te deixar nervoso só de se imaginar nessa cena.

Essas escadas insanas estão localizadas em diferentes cantos do mundo. Algumas são feitas de pedra ou madeira, algumas têm grades, outras não, mas há uma coisa que as une – a altura e o perigo que elas escondem tiram o fôlego de qualquer um. Vamos falar sobre as escadas insanas mais alucinantes que exigem bravura em nível de super-herói para serem pisadas.

O Caminho do Rei, para quem gosta de extremos

O caminho da montanha El Caminito del Rey foi construído na Espanha no início do século 20 para o transporte de mercadorias entre duas estações de energia ao longo das margens do desfiladeiro El Chorro. O caminho recebeu este nome devido à presença do rei Alfonso XIII na sua abertura.

Já que os construtores usaram materiais mais baratos, a condição de El Caminito deteriorou-se rapidamente e assumiu o nome assustador de “Caminho da morte”. Em 2000, após a trágica morte de vários turistas, foi encerrado. Mas, mesmo depois disso, os caçadores de emoções, assim como alpinistas de todo o mundo, costumavam visitar esse lugar. Nem uma multa de € 6 mil os impediu.

Eventualmente, foi decidido reconstruir o caminho e torná-lo seguro para os turistas. Na primavera de 2015, El Caminito del Rey foi reaberto a todos.

3.500 degraus para a água

Um poço escadeado chamado Chand Baori, que está localizado na aldeia Abhaneri, é considerado um dos mais antigos e mais profundos da Índia. Parece uma pirâmide invertida cujo topo se encontra a 30 metros de profundidade na terra. No fundo, há um poço com água turva.

Os moradores locais acreditam que o poço foi construído por demônios. Os historiadores são mais realistas e dizem que esse reservatório foi criado para coletar a água da chuva. Também era usado para proteger as pessoas do calor, que se reuniam e sentavam nas escadas porque o ar estava sempre vários graus mais frio na parte inferior.

Você pode escolher qualquer uma das inúmeras escadas para descer até o fundo. O principal é observar cuidadosamente onde você está pisando porque não há grades aqui e as escadas são bastante íngremes.

“A Estrada para o Céu” leva a uma casa de chá

Esse caminho que leva ao topo do Monte Hua é chamado de “A Estrada para o Céu”. Suas escadas são cortadas diretamente na rocha, enquanto correntes de ferro servem como corrimão. Anteriormente, apenas os peregrinos costumavam escalar esta montanha, porque é uma das Cinco Montanhas Sagradas do Taoísmo na China. Hoje, esta estrada para o céu está aberta para os turistas também.

Aqueles que se atrevem a chegar ao cume terão que subir mais de 1.900 metros. As escadas íngremes às vezes se transformam em caminhos estreitos de madeira que pairam sobre o abismo. A subida termina com uma visita a uma pequena casa de chá com uma visão alucinante.

Espie atrás da cachoeira

Você pode chegar à cachoeira chamada “Caldeirão do Diabo” (Pailon del Diablo), no Equador, subindo uma antiga escada de pedra. Ela chega muito perto de um desfiladeiro onde a água flui com força extrema.

As escadas passam por um túnel com paredes escorregadias que levam direto para a cachoeira.

Muitos turistas que visitaram o pequeno deck atrás do “Caldeirão do Diabo” dizem que a vista é incrível. Apenas imagine – a água continua espirrando em você, há uma enorme cachoeira na sua frente e você pode até tocar nessa parede branca de água.

Andando no loop inativo

Esta escadaria incomum já se tornou um dos pontos turísticos mais famosos de Duisburg, na Alemanha. Seu nome é incomum também – “Tigre e Tartaruga”.

Os criadores dessas escadas insanas oferecem às pessoas a oportunidade de caminhar ao longo de uma montanha-russa. É muito fácil fazê-lo, apesar do fato de que você terá que superar o loop inativo. O comprimento das escadas é de 220 metros.

O ponto mais alto das escadas, que são cerca de 13 metros de altura, se abre para uma vista panorâmica da cidade. Além disso, as escadas são iluminadas à noite.

Não mais que 300 pessoas por dia!

Para chegar ao pico da montanha do Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia, é preciso superar uma trilha ao longo de uma estrada de 10 quilômetros, parte da qual é coberta por um teleférico.

O pessoal do parque não permite que mais de 300 pessoas caminhem nele por dia e cada visitante recebe permissão especial. Os turistas precisam estar em forma fisicamente e ter um desejo intenso de percorrer os 400 degraus da escada de corda quase vertical.

Um caminho para o Templo da Lua

Esta escadaria de pedra localizada em Machu Picchu tem cerca de 500 anos. Foi construída pelos Incas antigos para poder alcançar o Templo da Lua.

Hoje, no máximo 400 pessoas são permitidas nas escadas por dia. A subida leva cerca de 2 horas e você terá que se segurar constantemente na parede. As escadas e a parede aqui são molhadas e escorregadias – um passo errado e você pode cair no abismo do rio Urubamba.

Acima para as estrelas!

Este observatório chamado Pic du Midi está localizado nos Pireneus franceses. Uma parte da viagem aqui pode ser feita por teleférico, a outra parte só pode ser feita por escadas. Como é muito frio e ventos fortes sopram no topo, você terá que usar roupas quentes.

Recentemente, eles começaram a oferecer a oportunidade de ficar aqui durante a noite – os cientistas limparam várias salas para aqueles que precisam descansar após a jornada extrema.

Em qual dessas escadas insanas você ousaria andar?

Compartilhe o post com seus amigos!

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 19 anos, é Web Designer e Criador de Conteúdo do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.