Artistas resolveram colorir fotos históricas e o resultado disso é impressionante.

A história nunca foi em preto e branco. É tão colorida quanto o nosso presente e futuro serão. Infelizmente, não pudemos ver as cores em fotos em preto e branco até que alguns artistas incríveis, como Mads Madson, também conhecido como Zuzahin, Sanna Dullaway e Dana Keller, aplicaram cores meticulosamente nas fotos históricas e deixaram-nas mais vivas do que nunca. Queríamos que você fizesse parte dessa história colorida e trouxemos para você algumas fotos incríveis que ficaram mais bonitas em cores.

Garoto abandonado segurando um bicho de pelúcia, Londres 1945

Elizabeth Taylor, 1956

Mark Twain no jardim, por volta de 1900

Estação Ferroviária de Waldwick, por volta de 1903

Charlie Chaplin sem maquiagem, 1916

A cozinha de sopa de Al Capone durante a Grande Depressão, Chicago, 1931

Marilyn Monroe, 1954, com soldados na Coreia após uma apresentação

Coney Island, Nova York, por volta de 1905

Piquenique na praia em Sarasota, Flórida, janeiro de 1941

Anne Frank, 1942

Soldado de 1ª classe do exército dos EUA Fred Linden segurando um menino francês após a libertação da aldeia de Trévières durante a Batalha da Normandia, em 10 de junho de 1944

Quando meninas costumavam entregar gelo, 1918

Abraham Lincoln, 1865

Elvis Presley, Priscilla Presley e a recém-nascida Lisa Marie, 1968

Compartilhe o post com seus amigos!

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao amplo público brasileiro. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para o Sociologia Líquida, Explicando, Segredos do Mundo, Área de Mulher, Criatives, Razões para Acreditar e Feedty. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.