18 casos curiosos em que tudo conspirou para uma boa foto

Existe uma coisa na vida chamada timing, que nada mais é do que a hora certa. Serve para tudo: de declarações de amor e conversas com o chefe à música que o DJ resolve colocar quando a festa começa. É tão bacana quando algo acontece na hora certa que, muitas vezes, acabamos nos perguntando se foi mesmo verdade. A seguir, confira alguns exemplos fotográficos de timing perfeito:

Essa placa nunca fez tanto sentido

O fotógrafo tinha uma única chance de registrar essa imagem

O reflexo parece o pôster de um filme pós-apocalíptico

Colocar chifrinhos em foto não está mais na moda. Mas com asas, a história a outra

Quando uma bonitona tenta fazer uma bela foto na praia, mas a onda tem outros planos

Uma cauda é a melhor moldura para uma foto

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Raj Sarkar (@rajsarkar36) em

Parece ser o gato mais comprido do mundo

Aquele momento em que você fica feliz por ter decidido se afastar para fazer uma foto em plano aberto do quebra-mar

As rotas desses dois aviões se cruzaram com uma precisão geométrica

Quanto tempo será que o fotógrafo esperou para registrar o exato momento do salto da torrada?

Quando você aciona o temporizador da câmera e corre para também sair na foto

Deu ruim na Oktoberfest

Uma gaivota que sabe como sair linda na foto

A salsicha escolheu a hora certa para cair

Nem sequer dá para saber quem se sentiu mais incômodo

“Eu só queria fazer uma foto do tênis preso nos fios”

Provavelmente, é o golfinho quem ensina a gaivota a voar

“Um raio caiu bem na hora em que fiz a foto”

Compartilhe o post com seus amigos!

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 19 anos, é Web Designer e Criador de Conteúdo do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.