7 sinais que diferenciam uma pessoa depressiva de outra preguiçosa

Muitas pessoas ao redor de todo o mundo se perguntam se estão com depressão ou só são muito preguiçosos. Embora essa dúvida possa parecer um tormento, hoje vamos tentar esclarecer algumas coisas para responder essa pergunta tão complexa.

Veja abaixo 7 sinais que mostram que sua preguiça pode na verdade ser depressão e fique atento, a sua saúde sempre em primeiro lugar:

01. Desânimo

Falta de motivação e fadiga são sintomas comuns de uma pessoa depressiva, pois se sentem muito presas dentro dos próprios sentimentos.

02. Apatia

Anedonia= perda de interesse em atividades que costumavam desfrutar e têm capacidade diminuída de sentir prazer. Esse é um dos principais sintomas de quem já está em um nível avançado de depressão.

03. Solidão

Se sentir solitário todo mundo já se sentiu, porém, para algumas pessoas esse sentimento tem uma profundidade muito grande, onde mesmo tendo família, amigos e pessoas queridas por perto, nunca sente-se completa.

04. Falta de alegria

Uma pessoa depressiva é rodeada de sentimentos ruins e a tristeza é um deles, mesmo que muitas vezes tentam disfarçar.

05. Tudo parece mais difícil

Por ser uma doença que atinge diretamente a mente, a falta de energia domina a pessoa, pois o corpo tem ligação direta com o cérebro, por isso, atividades simples como, por exemplo, levantar da cama, pode se tornar um verdadeiro tormento.

06. Fadiga

Já pensou você dormir por toda a madrugada e quando acordar estar se sentindo muito cansado? Pois bem, a fadiga é um dos sintomas que toma conta da vida de um depressivo, que pode vir junto com dores nas articulações e músculos.

07. Sono constante

Um estudo da Revista de Psiquiatria Clínica da Universidade de São Paulo, apontou que 80% das pessoas depressivas apresentam queixas de mudanças no padrão de sono, onde dormir, dormir e dormir parece ser a única alternativa.

Se você se identificou com algum desses sintomas, procure um especialista.

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.