Mulher aconselhada a abandonar criança com paralisia cria o filho sozinha e hoje ele estuda na Harvard

Em 1988 Zou Hongyan estava esperando seu primeiro filho, até que Ding Ding nasceu, porém, alguns problemas durante o parto afetaram a criança e ela acabou nascendo com paralisia cerebral. O próprio pai da criança e os médicos incentivaram Zou a abandonar o filho, pois ela não teria uma vida saudável.

Entretanto, felizmente a mãe não deu ouvidos para ninguém, se divorciou do marido e dedicou sua vida para cuidar e apoiar o filho, mesmo se não tivesse a ajuda de ninguém.

A rotina de Zou mudou completamente, ela precisou se dividir entre três empregos, e ainda ter tempo para fazer brincadeiras com o filho para estimular seus sentidos. Ele até aprendeu a comer usando hashis.

Tudo que ela queria era fazer seu filho não sentir-se inferior por ter nascido dessa maneira, e trabalhava duro para vencer todos os obstáculos junto com Ding.

29 anos se passaram e todo esforço valeu a pena, hoje, seu filho e formado em Ciências Ambientais e engenharia pela Universidade de Pequim. Ding Ding não terminou por ai, agora o rapaz cursa Direito, na Harvard.

Se Zou tivesse dado ouvidos para os médicos e o marido, hoje não teria Ding dando ta tanto orgulho para sua vida.

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.