10 coisas que acontecem em seu corpo durante e após fazer caminhada

A espécie humana tem se tornado cada vez mais sedentária, de modo que o estilo de vida médio no mundo ocidental tem sido associado a vários problemas, sendo isso uma das principais causas pelas quais as taxas de certas doenças, principalmente as cardíacas, tendem a subir.

Com uma tecnologia autossômica que facilita nossas vidas e inibe o trabalho físico e braçal, e empregos que exigem muito tempo sentado, não há dúvida de que ficar parado por muito tempo esteja prejudicando nossas vidas.

No entanto, felizmente cada vez mais o conhecimento da saúde tem sido compartilhado trazendo mais consciência da importância de exercícios físicos. Com isso, separamos 10 mudanças que ocorrem no seu corpo quando você caminha para você ficar ligado. Confira.

1 – Mente mais calma

Se a caminhada melhora os sintomas de depressão em pacientes com transtornos depressivos maiores, imagine o quanto pode ajudar aqueles que sentem muito estresse ou cansaço! E uma caminha com um amigo ou um ente querido irá multiplicar o efeito, melhorando também o humor de forma bastante positiva.

2 – Alívio da dor nas costas

Caminhar pode se tornar um verdadeiro salva-vidas para aqueles que experimentam dores nas costas durante exercícios mais desafiadores de alto impacto. Como é uma atividade de baixo impacto, não causará mais dor ou desconforto. Caminhar contribui para uma melhor circulação sanguínea nas estruturas da coluna vertebral e melhora a postura e a flexibilidade, o que é vital para uma coluna saudável.3 – Ossos e articulações mais resistentes

A caminhada pode proporcionar mais mobilidade articular, evitar a perda de massa óssea e até reduzir o risco de fraturas. A Arthritis Foundation recomenda caminhar moderadamente pelo menos 30 minutos por dia regularmente para reduzir a dor nas articulações, além da rigidez e inflamação.

4 – Músculos definidos

A definição muscular e a perda de peso (em casos com excesso de peso) também podem ser alcançadas através da caminhada. A prática de caminhar 10.000 passos por dia pode ser contada como um exercício efetivo em uma academia, especialmente se você adicionar alguns intervalos ou caminhar com elevação. Além disso, o impacto é baixo e não há tempo de recuperação, o que significa que os músculos não ficam doloridos.

5 – Melhor digestão

Apenas 30 minutos de caminhada todos os dias podem não só diminuir o risco de câncer de cólon no futuro, mas também melhorar nossa digestão e constipação, ajudando a regular nossos movimentos intestinais.

6 – Efeitos benéficos no pâncreas

Pode ser difícil acreditar, mas caminhar acaba sendo uma ferramenta muito mais eficaz na prevenção do diabetes do que correr. Uma pesquisa mostra que um grupo de “caminhantes” demonstrou melhora na tolerância à glicose quase 6 vezes maior (ou seja, quão bem o açúcar no sangue é absorvido pelas células) do que o de um grupo de “corredores”, durante um período experimental de 6 meses.

7 – Volume pulmonar aumentado

Andar a pé é um exercício aeróbico que aumenta o fluxo de oxigênio na corrente sanguínea e ajuda a treinar seus pulmões, além de eliminar toxinas e resíduos. Por causa de uma melhor e mais profunda respiração, alguns sintomas associados à doença pulmonar também podem ser aliviados.

8 – Prevenção de doenças cardíacas

De acordo com a American Heart Association, andar não é menos eficaz do que correr quando se trata de prevenir doenças relacionadas ao coração ou derrame. Essa atividade simples ajuda a evitar problemas cardíacos, baixando os níveis de pressão alta e colesterol e melhorando a circulação sanguínea.

9 – Visão melhorada

Mesmo que os olhos possam parecer a última coisa a ser conectada com as pernas, caminhar realmente beneficia sua visão também. Pode até ajudar a combater o glaucoma, aliviando a pressão ocular.

10 – Alterações cerebrais positivas

Como um estudo revela, exercícios aeróbicos de baixo impacto, como caminhar a título de exemplo, previnem a demência precoce, reduzem o risco de doença de Alzheimer e melhoraram a saúde mental geral. Sem mencionar a redução do estresse e a manutenção de um nível mais alto de endorfinas.

Leia tambémDescubra quantos quilômetros você teria que caminhar para queimar as gordices do dia-a-dia

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: Brightside

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao amplo público brasileiro. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para o Sociologia Líquida, Explicando, Segredos do Mundo, Área de Mulher, Criatives, Razões para Acreditar e Feedty. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.