17 tatuagens com significado e sentido ocultos por trás delas

“Mostre-me um homem com uma tatuagem e eu mostrarei a você um homem com um passado interessante”, disse Jack London. Mas hoje em dia as tatuagens não são apenas símbolos da vasta experiência de vida.

Segundo o site de estatísticas Statista, as principais razões para se fazer uma tatuagem são expressar o estilo pessoal e a opinião e prestar homenagem aos filhos.

As pessoas também fazem tatuagens em memória de seus parentes ou amigos e para abrir um novo capítulo em suas vidas. Hoje, reunimos 17 tatuagens com significado oculto que vão fazer você sentir todo o leque de emoções por causa das histórias por trás delas.

1. Se você não pode mudar sua situação, mude sua atitude

2. “Meu pai morreu e eu fiz uma tatuagem”

3. Você se torna responsável, para sempre, pelo que você domou

4. Quando a adversidade vem ao seu encontro, é muito legal manter o senso de humor

“Um pé na cova….”

5. A lua

6. O dono dessa tatuagem tinha distúrbios de pânico. E “Riddikulus” é um feitiço dos filmes de Harry Potter usados ​​para transformar algo assustador em algo ridículo

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Maggie (@maggiem_mua) em

7. Outra tatuagem que se transforma

8. “Um horizonte de todos os lugares em que vivi”. Você consegue adivinhar algum dos lugares?

9. Como entreter seus filhos literalmente em qualquer lugar:

10. Juntos pela vida

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por 송탄타투 호리타쿠 평택타투 (@76horitaku) em

11. Uma tatuagem em metamorfose

12. Brilhando juntos

13. Uma maneira legal de transformar sua marca de nascença

14. O abraço

15. Ido, mas nunca esquecido

16. Minha mãe me escreveu um bilhete no dia em que me mudei e no mesmo dia em que ela faleceu (também tem seu último batimento cardíaco real)

17. Você consegue identificar um animal aqui?

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: Brightside

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 19 anos, é Web Designer e Criador de Conteúdo do Acervo Ciência, escrevendo diariamente para o site. Já bancou uma de técnico de informática, e ainda banca de astrônomo amador, sua maior paixão. Atualmente gradua-se no curso de Gestão da Informação, na Universidade Federal de Uberlândia, que não sabe se é de exatas ou de humanas. Assim como ele. Também é aficionado por cinema, comics, política, economia, tretas e música indie. Bata tudo isso no liquidificador e tente entender sua cabeça.