Mulheres protestam de lingerie em frente à Victoria Secret contra a falta de diversidade e inclusão da marca

Algumas mulheres protestaram de lingerie na porta da Victoria Secrets, de Londres, a favor da diversidade no mundo da moda. Neste ano, o tradicional Victoria’s Secrets Show marcou a pior audiência desde 2001 e foi alvo de muitas críticas por não ter nenhuma modelo plus size e trans. Ed Razek, chefe de marketing da marca, diz que não pretende incluí-las no desfile.

Durante o protesto, uma das manifestantes declarou que “não acho que podemos representar todos os consumidores. O show é uma fantasia para o entretenimento”.

No dia seguinte após sua declaração, Razek tentou se redimir e emitiu uma nota de desculpas mudando o discurso, informando que a grife tem um grande interesse em lançar uma modelo trans no desfile do próximo ano.

Acredita-se que as manifestantes façam parte do grupo Nu Nude, que aposta na diversidade e inclusão. Essas mulheres se identificam como ‘anjos caídos’, em alusão ao termo ‘angels’, usado para distinguir as modelos que desfilam pela marca.

“Não se trata apenas da diversidade corporal ou da pele! É sobre cada diferença! Somos todas iguais! Somos todas amadas e todos nós somos lindas”, escreveu a Nu Nude ao lado de uma das fotos do protesto.

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.