Dois professores brasileiros fazem parte dos 50 melhores educadores do mundo e disputam o Prêmio Global Teacher

O Prêmio Global Teacher, que será entregue em março, selecionou os 50 melhores professores do mundo, dentre 10 mil candidatos de 179 países, e dois brasileiros estão nessa lista super importante para a educação.

A primeira delas é Débora, professora da rede pública de São Paulo que leciona na zona sul da cidade e ensina tecnologia, e grande parte dos ensinamentos são voltados para a reciclagem. Graças à Débora e seus alunos, mais de uma tonelada de resíduos já foram descartados do bairro e, durante as aulas, qualquer sucata vira matéria-prima valiosa, como, por exemplo, um ar-condicionado com gelo.

Já Jayse, o outro brasileiro, vive uma realidade bem diferente da grande metrópole, já que dá aulas de educação artística na zona da mata de Pernambuco. O professor usa games e filmes para criar histórias com direito a efeitos especiais e muito mais.

Mesmo vivendo realidades tão distintas, Débora e Jayse são conectados pela paixão em ensinar, e desde 2016 conversam através de uma rede online onde professores trocam suas experiências e vivências na área da educação.

“O mundo lá fora vai querer um aluno crítico. Eu quero um aluno que questione, que procure saber o porquê daquilo”, afirmou Jayse durante uma entrevista ao Jornal Nacional.

Já Débora, declarou que “Eles achavam que eles não eram capazes e hoje, quando eu vejo todos os protótipos que eles realizam, eu me orgulho porque eles são capazes. Eu vejo meus alunos querendo ser engenheiros, querendo ser biólogos, porque despertou essa aprendizagem para eles, eles entenderam que eles têm um lugar no mundo hoje”.

A entrega do Prêmio será em Dubai, e o vencedor levará 1 milhão de dólares. Tanto Débora como Jayse sabem o que farão com o dinheiro, caso vençam: investir na educação. Boa sorte aos brasileiros!

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.