Presa por corrente curta, cadela não conseguia descansar a cabeça quando foi resgatada

Embora muitas pessoas tratem seus animais extremamente bem, há outras que fazem o contrário disso. É triste saber que existem muitos animais que sofrem maus tratos de seus donos. Cala, uma cadela que era mantida como cão de guarda de um mecânico em San Jose, Costa Rica, era um desses cachorros que sofrem maus tratos. Seu dono a mantinha acorrentada em uma corrente tão curta que ela não tinha como descansar a cabeça e mal conseguia respirar.

Além disso, quando ela estava doente, o dono não a levava ao veterinário e raramente a alimentava. Felizmente esse sofrimento teve um fim, quando vizinhos perceberam as condições em que Cala vivia e denunciaram seu dono à polícia e ao abrigo de animais Território de Zaguates.

Durante anos, Cala foi amarrada a uma corrente tão curta que ela sequer conseguia descansar a cabeça ou respirar corretamente

Vendo as horríveis condições em que ela se encontrava, os vizinhos denunciaram seu dono à polícia e ao abrigo de cães Territorio de Zaguates

Quando foi resgatada, Cala estava tão desnutrida que não conseguia nem ficar de pé. Além disso, estava coberta de feridas e cortes provocados pela corrente. Ela teve que receber tratamento veterinário para seus diversos problemas ocasionados pelos maus tratos

Seu estado de saúde era tão precário, que se Cala não tivesse sido encontrada logo, teria morrido

Melhorar sua saúde foi um processo bem longo e doloroso…

Ela também era muito desconfiada de outros cães e humanos

Mas a equipe que a resgatou foi persistente e não desistiu de ajudá-la

Após alguns dias após o tratamento, ela já estava com uma aparência melhor

Porém, mesmo após o seu resgate, ela sofreu mais uma vez com a maldade do ser humano

Em junho, algumas pessoas entraram no abrigo de animais em que ela estava, e envenenaram os cachorros com salsichas contaminadas

Infelizmente, 16 cães foram mortos, mas Cala conseguiu sobreviver apenas sofrendo de alguns problemas neurológicos

Cala foi adotada e hoje vive em um novo lar, longe das coisas ruins que vivia anteriormente. Ela aprendeu a conviver com pessoas e outros cães, e está feliz com sua família adotiva. Ela é a prova de que adotar um animal é um ato de muito amor

Leia tambémApós vídeo de cachorro abandonado se tornar viral, Snoop Dogg se oferece para adotá-lo

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: Bored Panda

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao amplo público brasileiro. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para o Sociologia Líquida, Explicando, Segredos do Mundo, Área de Mulher, Criatives, Razões para Acreditar e Feedty. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.