Casal de idosos que deram match no Tinder subiram ao altar depois de oito meses até o primeiro encontro

Não existe idade para o amor, e ele pode aparecer quando menos esperamos, como aconteceu em Votorantim, cidade no interior de São Paulo, entre Neusa Rodrigues Pereira e Vitório Willian Bassani.

‘Viúva, mãe de três filhos, avó de cinco e bisavó de outros sete’ e ‘ motorista particular de 77 anos, divorciado, tem uma filha e mora na praia’, é assim que eles se descreviam no… Tinder! A senhora baixou o aplicativo para encontrar um novo amor, pois desde que seu marido faleceu, há sete anos, ela sentia-se muito sozinha.

Foi então que a neta de Neusa, de 14 anos, apresentou o Tinder para avó e ela já instalou na mesma hora: “Já tinha ouvido falar nessas coisas e pedi para a minha neta ajudar, para encontrar um negócio de arrumar namorado. Minha colega já tinha comentado e daí na hora peguei o jeito”, lembra.

“No início, 42 homens curtiram minha foto, mas não me interessei por nenhum. Depois, conversei com um, e não deu certo. Aí vi a foto do Vitório e resolvi mandar um like. Ele curtiu, mandou mensagem e começamos a conversar”.

Mas, engana-se quem pensa que tudo aconteceu rápido, o casal trocou mensagens diariamente por oito meses antes do primeiro encontro acontecer: “Nunca ficamos sem nos falar. Ele me ligava umas dez vezes por dia, contávamos um ao outro o que fizemos de almoço e janta”, relembra a senhora.

Foi então que Vitório viajou mais de 200 quilômetros para conhecer a amada: “Dois dos meus filhos vieram em casa para conhecê-lo. Conversaram com o Vitório, fizeram várias perguntas. Depois que todo mundo se conheceu ele voltou, porque não poderia dormir em casa, né”, brinca.

Neusa e Vitório namoraram por um ano, até que no último dia 9 finalmente trocaram alianças e se tornaram marido e mulher!

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.