Homem que limpava aviões vira comandante de Companhia Aérea

O nigeriano Mohammed Abubakar era o encarregado de limpar os aviões da Air Azman em Lagos, capital da Nigéria. Seu grande sonho em vida era pilotar as grandes aeronaves que limpava todos os dias no aeroporto.

Ele então decidiu fazer um curso de pilotagem; com muito esforço e dedicação, foi aprovado na academia de pilotos da nação africana e alçado à profissão na mesma companhia aérea na qual serviu mais de duas décadas trabalhando como zelador.

Não obstante, após quatro anos na corporação, foi promovido ao posto de comandante de aeronaves.

A imprensa africana vêm enaltecendo Abubakar como um exemplo de perseverança, determinação e sucesso – um modelo para a juventude do continente.

Pilotos e zeladores que trabalharam com Abubakar exaltaram seu compromisso com o trabalho, ética, proatividade e senso de destino do colega. Em uníssono, afirmaram que o nigeriano é um “exemplo de garra e superação”.

A promoção

Uma publicação no Twitter da companhia aérea de Abubakar contando a história do piloto e sua promoção ao posto de comandante viralizou na rede social.

A Air Azman, adicionou fotografias do momento em que Mohammed recebeu as quatro estrelas de ‘Captain’ com a seguinte mensagem:

“Ele juntou-se à Indústria da Aviação há 24 anos como empregado de limpeza de aviões. Ele conseguiu a quarta barra de Comandante. Parabéns Mohammed Abubakar de todos nós na Air Azman”.

Leia tambémBarbeiro transforma sem-teto que pediu gilete para arrumar emprego

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: SNB

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao amplo público brasileiro. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para o Sociologia Líquida, Explicando, Segredos do Mundo, Área de Mulher, Criatives, Razões para Acreditar e Feedty. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.