Mulher com câncer terminal realiza sonho de se casar com o amor de sua vida horas antes de morrer

Menos de 24 horas depois de ter se casado com o grande amor de sua vida, juntos há 24 anos, Tracey MacDonald morreu.

Seu marido, Colin MacDonald fez o pedido de casamento para Tracey 12 anos atrás, mas eles nunca tiveram tempo para oficialmente casarem-se enquanto criavam os seis filhos juntos.

Infelizmente, seis meses atrás Tracey foi diagnosticada com um câncer de pulmão terminal.

O casal sabia que deveria se casar o quanto antes.

Em 22 de janeiro, Tracey e Colin trocaram votos em uma cerimônia realizada na cabeceira de Tracey no Centro do Câncer Moorabbin.

Menos de um dia depois, Tracey faleceu.

O casal conseguiu realizar o casamento com a ajuda do My Wedding Wish (Meu Desejo de Casamento, em tradução livre), que reuniu um grupo de voluntários para organizar a cerimônia em menos de um dia.

A cerimonialista Gail Cremen oficializou a união, a fotógrafa Tahnee Jade tirou fotografias impressionantes, um padeiro se ofereceu para fazer o bolo de casamento, e muitas pessoas doaram flores e ornamentos para embelezar a festa.

“Foi tudo muito rápido. Eles eram totalmente devotados um ao outro e ainda profundamente apaixonados,” disse Gail.

Foi muito importante para Colin que ele honrasse sua proposta para Tracey. ‘Tracey era o grande amor de Colin. Ele propôs 12 anos atrás, mas suas vidas com seis filhos e netos estavam tão ocupados que eles nunca chegaram a esse ponto.”

Depois da cerimônia, Gail trabalhou duro para garantir que o casal fosse legalmente casado antes de Tracey morrer, preenchendo a papelada necessária e cumprindo as burocracias do estado, encontrando as certidões de nascimento e dirigindo-se a Melbourne, na Austrália, para registrar o pedido de casamento a tempo.

Por fim, Gail conseguiu declarar que Colin e Tracey eram, enfim, marido e mulher, reconhecidos pelo governo australiano. Algumas horas depois, Tracey faleceu.

Tracey e Colin se conheceram há 24 anos, quando Colin trabalhava como agente de remoção domiciliar. Foi uma conexão instantânea, e eles se apaixonaram e criaram uma família juntos.

Mas em 2018 Tracey foi ao médico com uma tosse persistente. Raios-X revelaram que ela tinha câncer de pulmão.

Os médicos estavam otimistas sobre sua sobrevivência, e Tracey vinha recebendo tratamento até a semana anterior à sua morte. Quando ela desmaiou tentando levantar de sua cadeira, ficou claro que ela não tinha muito tempo de vida.

Tracey estava no estágio final do câncer e teria apenas alguns dias para se despedir de seus amigos e familiares. Ela fez isso casando-se com o amor de sua vida cercado por pessoas com quem ela se importava, desde seus filhos, pais e irmãos.

Leia tambémHospital de Câncer no Maranhão cria ‘sessão cinema’ para ajudar no tratamento dos pacientes

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: Metro UK

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao amplo público brasileiro. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para o Sociologia Líquida, Explicando, Segredos do Mundo, Área de Mulher, Criatives, Razões para Acreditar e Feedty. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.