Chama infinita é atração em parque de Nova Iorque e cientistas tentam explicar o porquê disso acontecer

Quem visita o parque Chestnut Rudge, em Buffalo, Nova Iorque, se surpreende com a Eternal Flame Falls (Cachoeira em Chama Eterna), que tem esse nome porque por trás das águas da cachoeira que descem com uma pressão muito forte, há uma chama que nunca se apaga.

Quando acesa, a chama chega até 20 centímetros de altura e reflete através das águas, dando uma impressão de vidros foscos. Essa chama infinita não é exclusividade do parque, existem muitas outras ao redor do mundo e cada uma delas é acesa pelo gás natural produzido pelas rochas abaixo delas.

‘Xisto’, já ouviu falar? Este é o nome do possível gás que faz as chamas ficarem sempre acesas, ele vem de rochas antigas e que possuem uma temperatura extremamente alta.

Entretanto, os pesquisadores da Universidade de Indiana, juntamente com Arndt Schimmelmann, descobriram que as rochas por trás das águas do parque em NY não são quentes o suficiente pra fazer esse fenômeno acontecer.

Então, qual explicação eles deram?

Nenhuma! Isso mesmo, não há como explicar o fato daquela chama permanecer acesa pra sempre, muitas lendas e teorias da conspiração foram criadas e alimentadas ao longo dos anos, porém, nenhuma delas tem um fundamento científico para existir.

Aos visitantes, fica um aviso: a erosão fez com que o solo ficasse com raízes expostas, o que pode fazer com que as pessoas mais descuidadas se machuquem, então, dobre a atenção, principalmente durante a chuva, onde o chão fica bastante escorregadio!

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.