Família registra o antes e depois de resgatar cãozinho em situação precária.

Assim como os cachorros lideram a população global de animais de estimação e de novas adoções animais, infelizmente, também estão no topo do ranking no número de abandonos nas ruas das grandes cidades.

Dezenas de ONGs trabalham para resgatar e proteger milhares de cães de rua todos os dias. E no trabalho de recuperação e preparo para nova adoção, ter carinho e amor pelos bichinhos não é somente importante, mas vital para a recuperação deles.

Felizmente, milhares de histórias terminam com final feliz, como o caso desse cachorrinho.

Ainda sem nome, o cãozinho foi encontrado bastante pela ONG pró-animais Animal Aid Unlimited, que o resgatou, dando-lhe abrigo, alimentação e cuidando de sua saúde.

Inicialmente, ele não lidou bem com o contato de humanos e estava muito assustado, naturalmente. O cachorrinho estava fisicamente machucado, sujo e doente, em uma situação muito triste…

O pequeno foi encontrado à beira de uma rodovia. Seu corpo magro estava “enrolado”, parecendo uma bola, querendo se esconder de todos.

Resistindo ao contato humano, inclusive carinho, os voluntários do abrigo lhe ofereceram cuidados veterinários e ele começou a se recuperar.

Após 2 meses de tratamento intensivo, a pele do cãozinho se recuperou e ele está bem mais feliz. Hoje ele nem se parece com aquele cãozinho triste de antes!

Agora ele recebe carinho tranquilamente e continua se recuperando dos maus tratos sofridos pelo tempo em que viveu nas ruas

Talvez sua maior transformação nesses meses de tratamento não está em seu pelo ou em seu peso, mas sim em seus olhos

Veja mais no vídeo:

Leia tambémEssa moça talvez esteja ‘levemente’ obcecada pelo seu cachorro de estimação

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: The Dodo

About Gabriel Pietro

view all posts

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao amplo público brasileiro. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para o Sociologia Líquida, Explicando, Segredos do Mundo, Área de Mulher, Criatives, Razões para Acreditar e Feedty. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.